Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOS ESTADOS UNIDOS

Apoiador de Bolsonaro e negacionista, Olavo de Carvalho morre aos 74 anos

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Olavo de Carvalho com expressão séria em foto publicada nas redes sociais

Olavo de Carvalho em foto publicada nas redes sociais; escritor morreu na segunda-feira (24)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 25/1/2022 - 7h32

Considerado o "guru do bolsonarismo", Olavo de Carvalho morreu na noite de segunda-feira (24) em um hospital de Richmond, no Estado da Virgínia (EUA), onde morava desde 2005. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas o escritor havia sido diagnosticado com Covid-19 no último dia 16.

O anúncio da morte foi feito nas redes sociais do pensador. "A família agradece a todos os amigos as mensagens de solidariedade e pede orações pela alma do professor", escreveu a equipe dele. Carvalho deixa a mulher, Roxane Andrade de Souza, oito filhos e 18 netos.

No Twitter, Jair Bolsonaro (PL) lamentou a morte do escritor. "Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o filósofo e professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Olavo foi um gigante na luta pela liberdade e um farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre. Que Deus o receba na sua infinita bondade e misericórdia, bem como conforte sua família", afirmou o presidente.

"Ao professor Olavo a minha eterna gratidão por sua vida dedicada ao conhecimento, que semeou em uma terra arrasada chamada Brasil e fez florescer em muitos de nós um sentimento de esperança, de amor pela verdade e pela liberdade. Que sua obra ilumine para sempre a nossa história!", disse o vereador Carlos Bolsonaro.

Nascido em 1947 em Campinas, no interior de São Paulo, Olavo Luiz Pimentel de Carvalho se intitulava professor de Filosofia e ficou conhecido como representante do conservadorismo político e símbolo da extrema-direita brasileira.

O escritor já foi várias vezes elogiado por Jair Bolsonaro, mas também era criticado por militares que integram o governo. Carvalho gerou polêmica nas redes sociais com declarações negacionistas e por ter debochado da gravidade da pandemia da Covid-19.

Ele havia sido diagnosticado com a Doença de Lyme, uma infecção transmitida por carrapato que causa irritações na pele e sintomas semelhantes ao da gripe.

Cardiopata, Olavo de Carvalho foi internado três vezes no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InCor) entre julho e agosto de 2021. Nesse período, ele foi submetido a uma cirurgia na bexiga e um cateterismo de emergência. Em abril do mesmo ano, o pensador também tinha sido internado nos Estados Unidos para tratar de problemas respiratórios.

Confira o comunicado da morte:

Veja as postagens de Jair e Carlos Bolsonaro:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.