Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

LEMBRA DELA?

Anti-PT, Monica Carvalho declara voto em Bolsonaro: 'Não sou a favor do aborto'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Monica Carvalho em imagem compartilhada nas redes sociais

Monica Carvalho disse que não se identifica com 'nada do que o PT faz' e reforçou fé na família

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 28/9/2022 - 17h26

Na contramão dos colegas de profissão, Monica Carvalho declarou que irá votar em Jair Bolsonaro (PL) na eleição de domingo (2). A atriz explicou que não se identifica "com nada" do que o partido político do ex-presidente Lula faz e que tem ideais conversadores envolvendo o conceito de família. "Não sou a fazer do aborto", afirmou. 

"Para você escolher um candidato, você tem que se identificar com o plano de governo que ele tem. Eu não me identifico com nada que o PT faz, eu não vou compactuar com aquelas coisas. Eu realmente sou uma pessoa um pouco mais tradicional, então me identifico com o plano de governo do Bolsonaro.", detalhou a artista em conversa com o portal Na Telinha.

Monica ainda reclamou sobre ter sofrido ataques nas redes sociais pelo posicionamento político. "Acho que tem que haver é o respeito, você escolhe seu candidato, eu escolho o meu e vamos ver o resultado final e aceitar", completou.

O importante é aceitar, porque até hoje parece que não aceitaram o presidente que a gente tem. Não interessa se é Bolsonaro, ou se é fulano, mas é o nosso presidente. Acho que tem que respeitar sim, ele está aqui há quatro anos, foi um presidente que não conseguiu governar direito porque sofreu dois anos de pandemia, foi muito difícil. Sou bem segura, realmente não importo com a opinião dos outros.

"Agora é o momento de se posicionar, o que vier, a gente tem que aceitar e apoiar e não pensar em derrubar o avião", avaliou.

Contra o aborto

Nos stories do Instagram, Monica ainda exemplificou linhas de pensamento que não compartilha com o PT. "Não sou a favor da legalização das drogas, não sou a favor da legalização do aborto. Eu não acho que família 'são' valores ultrapassados, porque família é meu porto seguro e acredito na instituição familiar. Acredito nas igrejas, Deus, Jesus", enumerou a atriz.   

Contra a corrente

A opinião de Monica em relação à política vai contra a recente adesão de diversos artistas à campanha de Lula. Na televisão, no cinema e até na música, personalidades se posicionaram a fazer do ex-presidente. Até Anitta, que disse não ser petista, confirmou que votará 13 no domingo.

Isso [votar no Bolsonaro] não muda o caráter da pessoa, é só uma questão de escolha, de você se identificar com um lado ou outro, mas isso não quer dizer que você seja uma pessoa ruim ou que você deixou de ter caráter. Meu roteirista é Lula e a gente trabalha superbem. 

Monica trabalha de forma independente e, por isso, não é contratada de nenhuma emissora. "Tenho meus projetos, quis fazer cinema, escrevi um filme e fui apresentar para as produtoras. Talvez eu não sinta muito essa pressão [dos outros artistas] porque realmente não estou dependendo de uma emissora", continuou.

"Hoje consigo ter uma liberdade da minha voz e, mesmo que estivesse [como contratada em emissoras], não mudaria a minha opinião. O respeito é fundamental", disse.

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.