Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

ENTENDA O CRONOGRAMA

Quando acaba o BBB 23? Boninho anuncia novidade após expulsões; saiba qual

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Tadeu Schmidt apresentando o BBB 23, na Globo

Tadeu Schmidt no comando do BBB 23; programa está previsto para terminar apenas em 25 de abril

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 18/3/2023 - 20h04

As expulsões de MC Guimê e Antônio Cara de Sapato, além da desistência de Bruno Nogueira, não devem mudar a data da final do BBB 23. Mesmo após as três baixas inesperadas, o reality show da Globo está previsto para terminar em 25 de abril. Neste sábado (18), o diretor J.B. de Oliveira, o Boninho, ainda anunciou uma novidade e indicou uma nova semana turbo para o programa.

"Eu tô pensando que a semana turbo ainda não parou. Amanhã [domingo, 19], o Tadeu tem uma boa revelação para vocês. Tadeuzinho, aperta o cinto que a gente está seguindo", avisou o chefão dos realities da emissora. Na legenda, Boninho ainda escreveu: "Agora tá virando trem bala!".

Ainda com cinco terças-feiras de eliminação até 25 de abril, o BBB 23 tem dez participantes confinados, ou seja, é possível abrir votação para que sete deles sejam retirados antes de formar o trio que vai disputar a decisão.

Apesar de ter reagido na audiência nas últimas semanas, a temporada 2023 ainda é a de menor ibope da história e já usou boa parte dos artifícios possíveis e conhecidos do público, como quarto branco e Big Fone.

Um deles, porém, ainda não aconteceu da forma tradicional: o paredão falso. Até houve algo parecido na primeira semana, com a eliminação da dupla Fred Nicácio e Marília Miranda, e o retorno do médico depois de escolha do público.

No atual cenário, a vantagem de uma berlinda fake é evitar que um participante seja eliminado na semana e deixar a casa cheia durante mais tempo após as três saídas fora do cronograma.

Assista abaixo ao vídeo de Boninho:



Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.