Antes da fama

Além de Ana Furtado, âncora do JN e Taís Araújo já fizeram abertura de novela

Fotos: Reprodução/TV Globo

Ana Furtado interpretou uma bailarina cigana na abertura da novela Explode Coração (1995) - Fotos: Reprodução/TV Globo

Ana Furtado interpretou uma bailarina cigana na abertura da novela Explode Coração (1995)

REDAÇÃO - Publicado em 02/03/2018, às 06h11

Quem acompanha a reprise de Explode Coração (1995), no ar no canal Viva desde o fim de janeiro, tem visto um rosto familiar entre os ciganos da abertura: Ana Furtado, hoje apresentadora do É de Casa e substituta oficial da Globo, é a dançarina principal da vinheta. Além dela, outras famosas começaram suas carreiras na televisão como modelos em aberturas de novelas, como destaque ou tão discretamente que quase não dá para reconhecê-las.

É o caso de Taís Araújo, que aparece durante poucos segundos ao lado de dezenas de figurantes na abertura de Pátria Minha, em 1994. Um ano depois, a hoje sisuda apresentadora do Jornal Nacional Renata Vasconcellos atuou na vinheta de História de Amor para poder pagar a faculdade.

Para Isadora Ribeiro, aparecer como a estrela nua da abertura de Tieta (1989) foi um marco na carreira. Ela fez uma ponta no final da novela e passou a ser solicitada como atriz.

Confira as famosas que já apareceram em aberturas de novelas:

Maria Fernanda Cândido se transformava em elementos da natureza em A Indomada (1996)

Maria Fernanda Cândido em A Indomada (1996)
Antes de fazer sucesso em Terra Nostra (1999), Maria Fernanda Cândido correu muito na Globo. Era ela a modelo que aparecia durante a abertura de A Indomada e tinha seu corpo transformado ao passar por obstáculos _Maria Fernanda virava uma mulher de fogo, de água e terminava como pedra.

Segundo Mônica, a areia da abertura de Mulheres de Areia (1993) era, na verdade, farinha

Mônica Carvalho em Mulheres de Areia (1993)
A abertura de Mulheres de Areia foi o primeiro trabalho de Mônica Carvalho na televisão. Na sequência, ela aparecia nua, saindo da água e rodopiando em meio a uma névoa de areia. Recentemente, a atriz contou que a gravação durou três dias e a produção substituiu areia por farinha, que era mais leve e saía do corpo mais facilmente.

A atriz Isadora Ribeiro "vestida de luz" fez sucesso na abertura da novela Tieta (1989)

Isadora Ribeiro em Tieta (1989)
Isadora Ribeiro já havia sido musa do Fantástico quando foi convidada para gravar a abertura de Tieta. Nas cenas, ela ficava com os seios à mostra, se transformava em serpente e subia em um coqueiro. A atriz, no entanto, declarou ao UOL que estava "vestida de luz". O trabalho marcou a carreira de Isadora, que a partir de então ficou mais conhecida como atriz e ganhou papéis em novelas como Pedra Sobre Pedra (1992) e Mulheres de Areia (1993).

Debaixo d'água, Susana Werner nadava e interagia com um espelho em Cara & Coroa (1995)

Susana Werner em Cara & Coroa (1995)
Em 1995, Susana Werner foi quase uma sereia na faixa das sete da Globo. Ela aparecia nadando e interagindo com um espelho no fundo do mar na abertura de Cara & Coroa. No ano seguinte, Susana estreou como atriz em Malhação e participou de duas temporadas da novelinha adolescente.

Até a atriz Taís Araújo ficou surpresa ao se rever na abertura da novela Pátria Minha (1994)

Taís Araújo em Pátria Minha (1994)
Primeira protagonista negra na Globo, Taís Araújo estreou como uma figurante sem muita relevância na abertura de Pátria Minha _ela não aparece por mais de três segundos na tela. A atriz gravou a apresentação da novela como uma das pessoas perdidas dentro de um labirinto. Quando participou de uma homenagem no Vídeo Show, a própria mulher de Lázaro Ramos ficou surpresa pelo fato de a produção ter conseguido encontrá-la em meio a tanta gente no vídeo.

Renata Vasconcellos foi a estrela da abertura romântica da novela História de Amor (1995)

Renata Vasconcellos  em História de Amor (1995)
Muito antes de ser âncora do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos fazia trabalhos como modelo para pagar a faculdade. Um deles foi a abertura de História de Amor. Era Renata a mulher que aparecia na praia e atravessando a rua com balões, durante um encontro amoroso. Nessa época, a jornalista ainda participou de outra novela: A Próxima Vítima (1995), em que fez figuração como modelo de um ensaio fotográfico.

A atriz Silvia Pfeifer (à esq.) foi uma das modelos da abertura de Plumas e Paetês (1980)

Silvia Pfeifer em Plumas e Paetês (1980)
Silvia Pfeifer começou sua carreira como modelo e, aos 22 anos, apareceu na abertura de Plumas e Paetês (1980). Ela era uma das moças cheias de maquiagem e roupas de grife que faziam poses típicas de modelos. A carreira de Silvia como atriz de novelas só foi começar dez anos depois, em Meu Bem, Meu Mal (1990).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você pretende assistir a novela Espelho da Vida?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook