A Força do Querer

Transexual de Sense8 critica a Globo por escalar atriz para o papel de Ivan

Netflix/Divulgação

A atriz Jamie Clayton na pele da hacker Nomi em Sense8; críticas à escalação de Carol Duarte - Netflix/Divulgação

A atriz Jamie Clayton na pele da hacker Nomi em Sense8; críticas à escalação de Carol Duarte

MARCELA BONAZZI - Publicado em 05/10/2017, às 05h56

Intérprete da hacker Nomi de Sense8, Jamie Clayton criticou a escalação de Carol Duarte para viver o personagem transexual Ivan em A Força do Querer, da Globo. Trans e ativista da causa, a atriz de 39 anos credita o sucesso do personagem da novela de Gloria Perez ao fato de a atuação ser feita por uma atriz mulher, e não por uma pessoa que mudou de sexo.

"Sei que mulher interpretando trans não é trans. Me pergunto se isso é, em partes, o porquê da reação positiva. Me pergunto como seria se ele [o intérprete] realmente fosse trans", questiona a atriz em entrevista exclusiva ao  Notícias da TV. Jamie esteve em São Paulo na última terça-feira para inaugurar a Casa Ponte, projeto da marca Skyy Vodka para debater a diversidade em painéis, encontros e workshops.

Apesar de não concordar com uma atriz no papel de um transexual, Jamie aplaude A Força do Querer por mostrar a vida de um personagem que nasce mulher, mas se identifica como homem: "Acho que os trans homens têm ainda menos representatividade que mulheres", afirma.

Estevam Avellar/divulgação

A atriz Carol Duarte em cena de A Força do Querer como o personagem transexual Ivan

Quando foi anunciada a escalação de Carol Duarte para o papel de Ivana, Gloria Perez, autora da novela, foi criticada. Ela justificou que não encontraria um ator que tivesse os traços femininos que a personagem exigia até a sua transição. Ivana, afinal, era uma menina que não se reconhecia no próprio corpo, mas não sabia que era trans.

Jamie Clayton também elogia a novela da Globo por ter uma atriz trans, Maria Clara Spinelli, interpretando uma mulher cisgênero. "Isso é ainda melhor. Ter uma atriz que se identifica como trans na vida real e vive um personagem que não é trans, é a direção na qual precisamos ir. Atuação é isso! Deixa a gente interpretar esses papéis, deixa a gente interpretar tudo!", discursa.

O elenco de Sense8 na segunda temporada da série

Hacker trans
Em Sense8, Jamie vive uma hacker que se conecta mentalmente com outras sete pessoas ao redor do mundo, trocando sensações e compartilhando experiências. Apesar de a personagem ser transexual, a atriz se orgulha de a história não ser focada nesse aspecto.

"O propósito da existência de muitos personagens trans é só mostrar a transição, ou serem uma piada, ou prostitutos, ou acabarem mortos. A Nomi é uma pessoa real e tão pouco da história dela tem a ver com ser trans", diz.

A produção foi cancelada pela Netflix após a segunda temporada, lançada em maio deste ano. Os fãs, principalmente os do Brasil (onde Sense8 é muito popular) protestaram, e a plataforma de streaming anunciou um episódio especial para encerrar a história.

"Foi loucura terem cancelado, não fez sentido. Foi de partir o coração, porque nós não fazíamos ideia", lamenta Jamie.

O episódio especial, que terá duas horas de duração, ainda não tem data para estrear. Nesta semana, está sendo gravada em Berlim, para onde Jamie foi após sua passagem relâmpago pelo Brasil.

"Não estava certa do que eles podiam fazer em duas horas, mas eles podem fazer muita coisa e vai ser bom. Vai ter muita ação, os fãs vão ficar satisfeitos", conta.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

The Deuce

The Deuce

Ficha técnica: Drama, EUA, 2017. Criação: David Simon e George Pelecanos. Elenco: James Franco, Maggie Gyllenhaal, Chris Bauer, Lawrence Gilliard Jr. e Margarita Levieva. Disponível na HBO e Now.

Sinopse: Ambientada na Nova York dos anos 1970, The Deuce apresenta a história da legalização e do crescimento da indústria pornográfica nos Estados Unidos. Uma prostituta, a independente Candy (Maggie Gyllenhaal), se arrisca ao deixar a vida nas ruas para virar atriz de filme adulto. Policiais corruptos e a máfia também marcam presença na trama. 

Por que assistir: A reprodução da época é impecável, e a prostituição e a pornografia são mostradas em todas as nuances, eventualmente com cenas de sexo explícito que podem chocar o telespectador. As atuações são de alto nível, e até o criticado James Franco se destaca, em dois papéis, de irmãos gêmeos (um trambiqueiro e outro mais conservador, administrador de bar).

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Troca no Dancing

Com saída de Naldo do Dancing Brasil, Sebá Arietti entra na competição de dança - Fotos: Divulgação O cantor Sebá Arietti, vocalista da banda de pagode Inimigos da HP, foi escalado às pressas para substituir o cantor Naldo Benny na terceira temporada do Dancing Brasil, reality show apresentado por Xuxa Meneghel que ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você quer que ganhe a Dança dos Famosos?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook