BASTIDORES

Marido de Cátia Fonseca ofereceu a mulher para a Band para se vingar

Divulgação/TV Gazeta

Cátia Fonseca apresenta o Mulheres desde março de 2002: de mudança para a Band - Divulgação/TV Gazeta

Cátia Fonseca apresenta o Mulheres desde março de 2002: de mudança para a Band

DANIEL CASTRO e LUCIANO GUARALDO - Publicado em 13/12/2017, às 05h35

Marido de Cátia Fonseca, Rodrigo Riccó foi o grande responsável pela ida da apresentadora para a Band. Ex-diretor do Mulheres, ele foi demitido da Gazeta em 2015 e, desde sua saída, passou a oferecer a mulher para outras TVs, afirmando que Cátia tinha interesse em trabalhar na casa, com uma condição: ele deveria ir junto, como diretor.

Cátia assinou contrato com a Band ontem à noite, após passar os últimos dias negando que havia sequer negociação. Vai apresentar um programa vespertino, de duas horas (metade local para São Paulo e metade nacional), antes do Brasil Urgente.

Tirar a "rainha do merchandising" da Gazeta foi como um ato de vingança de Rodrigo Riccó contra sua ex-empregadora. Além da Band, ele ofereceu os serviços de Cátia para a Record e o SBT.

A Band considerava a contratação de Cátia tão fácil que, no mês passado, passou a circular no mercado publicitário um estudo de grade de programação para 2018 em que o nome da apresentadora surgia na liderança de um novo programa feminino, para a faixa matutina.

"Cátia Fonseca, atualmente apresenta o programa Mulheres, na TV Gazeta, há 14 anos. Interessada em vir para a Band", informava a apresentação da emissora, entregando o "assédio" do marido da apresentadora.

No projeto oferecido ao mercado publicitário, a atração de Cátia era vendida como "um programa feminino pensado para as manhãs da Band". A atração não será mais matutina, mas manterá boa parte do que já foi apresentado a anunciantes. Terá quadros de beleza, moda, culinária, humor e atualidades.

Ex-diretor do Mulheres, Rodrigo Riccó está com Cátia desde 2013 (Foto: Reprodução/Instagram)

Entre as referências de conteúdo, estão o matinal norte-americano Good Morning America, da ABC (que também inspirou o Hoje em Dia, da Record), o Superbonita, do GNT, o argentino Qué Mañana! e o canal Utilísima, que reunia programas de cozinha, bricolagem, decoração e saúde.

A apresentação ao mercado também prometia a participação da atriz Mel Fronckowiak, ex-Rebelde e mulher de Rodrigo Santoro, como uma visão jovem e descolada; a princesa brasileira Paola de Orleans e Bragança, com dicas de beleza e cabelos; o ex-MasterChef Raul Lemos como chef da atração; a psicóloga Ana Canosa como especialista em sexo e relacionamentos; e a atriz e apresentadora Diana Bouth como responsável pela parte fitness do programa.

Procurada na semana passada para falar sobre o projeto da Band, Cátia fez a sonsa. Não só negou o interesse em ir para a emissora, como disse que o estudo de grade vazado ao mercado publicitário a prejudicava na Gazeta, porque os "clientes ficam receosos.

Ontem (12), após o vazamento da notícia da ida da apresentadora para a Band, a Gazeta postou um vídeo em suas redes sociais no qual Cátia negava que estava de saída.

"Deixa eu esclarecer de uma vez: não tenho assinado com ninguém a não ser com a TV Gazeta. Faz 15 anos que eu estou à frente do Mulheres, 15 anos que eu participo dessa casa, e é aqui que eu me mantenho. Essa história é tudo boato!", afirmou.

À noite, tudo mudou. "[Trabalhar na Band] É uma oportunidade de falar com uma quantidade maior de pessoas, e eu adoro um desafio. Estou feliz por levar um conteúdo bem feito a tanta gente neste país. Estou cheia de ideias", disse em nota oficial. 

Rodrigo Riccó, também antes da confirmação da contratação, afirmou que não esteve envolvido em nenhuma mudança na vida profissional da mulher. "Isso é entre a Gazeta e a Cátia. Mas o que eu posso dizer é que não tem nada acontecendo [com relação à negociação]. Todo fim de ano surgem essas histórias e nunca nada se concretiza", limitou-se a dizer.

Ex-SBT, Regina Volpato deverá ser a substituta de Cátia no Mulheres.

 

 

Enquete

Qual protagonista de Deus Salve o Rei você mataria?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook