Espelho da Vida

 - Reprodução/TV Globo

Danilo/Daniel

(Rafael Cardoso)

O pintor Danilo Breton aparece em sua vida no século passado, a partir do momento em que é contratado por Piedade, mãe de Julia Castelo, para fazer um retrato a óleo da jovem e lhe dar aulas de pintura. Ele se apaixona à primeira vista pela aluna.

O romance dele com a pupila é mostrado passo a passo até ser desvendado o que teria motivado o assassinato da jovem nos anos 1930.

Ela morreu com um tiro no peito, cuja bala foi feita do ouro das alianças do casal. O pintor foi acusado de ser o autor do crime, que abalou a cidade de Rosa Branca e ainda assombra o local até hoje. 

Danilo é filho de Hildegard, uma pintora francesa que ficou mal vista na sociedade, considerada uma mulher livre demais para os padrões da época. Ela pintava nus tanto de mulheres como de homens.

Depois, virá à tona que ele também está presente nos dias atuais, como Daniel, neto de Margot, herdeiro do filho desaparecido da dona da livraria. Ela morava em Portugal quando o menino de apenas cinco anos sumiu. Margot passou a vida toda tentando curar a ferida da sua perda.

O aparecimento de Daniel promoverá a maior virada da história, já que ele é o grande amor de Cris também na sua atual encarnação. Os dois têm um amor que ultrapassa a barreira da morte.

Daniel é fotógrafo, mora em Lisboa e faz terapia porque tem um sonho que atormenta, no qual pinta o quadro de uma mulher seminua e não consegue ver seu rosto. Essa mulher é Julia Castelo, e o quadro existe e foi pintado por Danilo no século passado.

Outros personagens

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook