Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ARQUIVADO

Processado por incitar violência, Ratinho se livra após acordo do SBT na Justiça

REPRODUÇÃO/SBT

Ratinho usa um terno preto com uma camisa preta, e olha para a câmera sorridente no cenário de seu programa na emissora de Silvio Santos

Ratinho em seu programa no SBT: livre de processo após emissora fazer acordo com MPF

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 10/8/2021 - 13h21

O SBT e o MPF (Ministério Público Federal) fecharam acordo na Justiça para arquivar um processo contra Ratinho. O apresentador da emissora de Silvio Santos estava sendo acusado de incitar a violência contra a mulher por ter passado do ponto em uma brincadeira envolvendo agressão à sua assistente de palco Milene Pavorô, em abril de 2016.

O Notícias da TV teve acesso ao termo do acordo. O SBT cedeu tempo de propaganda durante um mês para duas campanhas do MPF que alertam para causas femininas, como câncer de mama e violência sexual contra mulheres.

As propagandas foram produzidas pelo próprio Ministério Público e veiculadas em comerciais nos programas de maior audiência da emissora. O conciliação foi fechada pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, por meio do procurador Dr. Pedro Antônio De Oliveira Machado

O acordo foi cumprido de 1º a 30 de setembro do ano passado, com comerciais indo ao ar em todo o Brasil. Além do próprio Programa do Ratinho, atrações como A Praça é Nossa, SBT Brasil, The Noite com Danilo Gentili, Domingo Legal e transmissões da Libertadores da América exibiram a campanha.

Após monitoramento da Justiça, o MPF viu que o SBT cumpriu a palavra e arquivou o processo contra Ratinho.

Relembre o caso

O apresentador Ratinho foi processado por incitar violência contra a mulher, numa atitude que tomou em seu programa ao vivo no SBT, em 21 de abril de 2016. Naquela ocasião, Ratinho chutou uma caixa de papelão em que se encontrava Milene, atingindo a altura de sua nuca.

A assistente de palco deu um grito e caiu sentada no chão, visivelmente assustada e possivelmente machucada. Em seguida, ela se retirou do palco constrangida.

Ratinho disse que, pela rebeldia, ela seria demitida. Ratinho foi denunciado duas vezes pelo Ministério Público Federal. O primeiro processo foi arquivado em 2018. O segundo somente agora.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Ficção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas