PEDRO CALDERARI

'Perdi o controle', justifica rapaz expulso do De Férias com o Ex por agredir mulher

FOTOS: REPRODUÇÃO/MTV

Pedro Calderari partiu para cima de Stéfani Bays em uma discussão que lhe causou a expulsão do De Férias com o Ex - FOTOS: REPRODUÇÃO/MTV

Pedro Calderari partiu para cima de Stéfani Bays em uma discussão que lhe causou a expulsão do De Férias com o Ex

GABRIEL PERLINE - Publicado em 21/06/2019, às 18h23

Pedro Calderari foi expulso do De Férias com o Ex no episódio exibido pela MTV nessa quinta (20), após brigar com Stéfani Bays, a quem xingou de vagabunda, cuspiu na cara e desferiu uma cotovelada --que não a acertou. Ao Notícias da TV, o carioca se mostrou arrependido do ato e justificou o ocorrido. "Perdi o controle", disse.

"Eu já estava quente, encontrei ela ali, explodi para cima dela. E ela não é uma pessoa tranquila, sabe? Nunca ia levar desaforo para casa, ainda mais da forma como eu falei. Ela acabou me respondendo, uma coisa levou a outra, um levantando mais a voz que o outro, e aí perdi o controle", explicou.

No reality show, Pedro se sentiu exposto pela amiga. Ele acha que Stéfani tentou, de propósito, azedar sua relação com Fábia Calazans por não gostar da moça. Em uma brincadeira com todos os participantes, algumas puladas de cerca do rapaz foram reveladas e ele se irritou.

"Nunca agredi uma mulher na minha vida. Acho que a mulher é importantíssima na sociedade e também na construção do homem. Eu namorei por oito anos uma mulher mais velha que eu, e ela foi fundamental para o meu amadurecimento. Nunca agrediria uma mulher e também não sou de intimidar uma mulher", defendeu-se.

Confira abaixo a íntegra da entrevista com Pedro Calderari:

Notícias da TV: Podemos falar sobre a agressão?
Pedro Calderari: Engraçado que eu nem me recordo. Eu tenho certeza que eu não tentei dar uma cotovelada nela.

Fábia Calazans foi chorar no quarto após descobrir as puladas de cerca de Pedro Calderari

Você já teve alguma reação parecida com alguma outra garota na sua vida?
Não.

E o que aconteceu para você chegar a esse ponto?
Lá dentro da casa todos os nossos sentimentos são muito intensos, desde os relacionamentos até as brigas. Eu estava ficando com a Fábia, e acho que era um dos participantes que mais se entregava à brincadeira. Então, por mais que tivesse sentimento um pelo outro, a gente estava naquela brincadeira, ficando com outras pessoas. E numa brincadeira de falar a verdade sobre outros participantes rolou um complô entre algumas pessoas contra mim. As três [Tati Dias, Lary Bottino e Stéfani] meio que se juntaram para me atacar. Elas estavam falando coisas sobre mim para magoar a Fábia. Vi na cara da Fábia que estava magoando ela.

Só que o nosso relacionamento ali já estava todo zoado. Ela ficava com o Cleber [Zuffo] e depois a gente ficava de novo. Eu fiquei com a Lary, depois com a Karina, e ficava de novo com a Fábia. Eu não achei que fosse magoar ela do jeito que magoou. Quando a gente chegou para dormir eu a vi chorando, e isso pesou muito. Foi uma pessoa que eu criei um certo sentimento. Foi uma merda que eu fiz, todas as meninas que eu fiquei foi uma opção minha.

E por que explodiu?
Acabei descontando essa raiva em outra pessoa. Fui para a Lary [sua ex-namorada], que independentemente do relacionamento que tive com ela aqui fora, a gente é muito amigo, mas me senti muito traído. A Lary fez parte disso, ela me fodeu. Saí do quarto para falar com ela. A gente discutiu. Fui para cozinha beber uma água com a intenção de me acalmar, e a Teté estava no fogão. Eu já estava quente, encontrei ela ali, explodi para cima dela. E ela não é uma pessoa tranquila, sabe? Nunca ia levar desaforo para casa, ainda mais da forma como eu falei. Ela acabou me respondendo, uma coisa levou a outra, um levantando mais a voz que o outro, e aí perdi o controle.

Como está lidando com as críticas do público?
Quando eu saí, tinha momentos que eu chorava muito. Eu falava para a produção: "Não sou um monstro". Do pouco tempo que eu tenho de exposiçao na mídia, eu vi que a gente vai acumular hater de qualquer forma. Eu não dependo disso para viver. O que mais me preocupava quando eu saí da casa era o que as pessoas envolvidas estavam pensando de mim. Tanto a Teté quanto a Fábia. E assim que eu tive o meu celular de volta, elas foram as primeiras pessoas para quem eu mandei mensagem.

Stéfani Bays foi contida por Gui Leonel após levar uma cusparada na cara de Pedro Calderari

Como foi sua conversa com Stéfani?
Quando a Teté saiu da casa ela me mandou mensagem falando que foi difícil para ela e que as pessoas da casa interpretaram mal, e que a vida dela tinha ficado um pouco mais difícil. Eu converso com ela sempre ainda hoje. E ela falou que ficou muito surpresa, porque eu fui a única pessoa que se mostrou preocupada com ela. A Teté sempre foi uma pessoa conturbada no programa. E as brigas dela sempre foram muito feias. Eu sabia que, de certa forma, as pessoas que são "minhas" lá dentro iam meio que culpá-la pela minha expulsão, e sabia que o clima pesaria para ela. Quando saiu da casa ela estava bem mal. 

Já se encontraram pessoalmente? 
Nos vimos ontem. Isso faz parte de mim. O programa não mostra quem a gente é. Qualquer um pode falar que é transparente. É mentira. Todo mundo ali veste um personagem. Eu estava gostando da Fábia, mas eu sabia que o programa era de pegação e não quis me envolver com ela para me entregar ao programa. De todas as brigas que rolaram na casa eu tentei apaziguar. Eu tenho um bom relacionamento com todo mundo.

Você é um cara machista? Costuma intimidar as mulheres?
Não sou machista. Nunca agredi uma mulher na minha vida. Acho que a mulher é importantíssima na sociedade e também na construção do homem. Eu namorei por oito anos uma mulher mais velha que eu, e ela foi fundamental para o meu amadurecimento. Nunca agrediria uma mulher e também não sou de intimidar uma mulher.

Você já havia cuspido na cara de alguém?
De um homem, sim. Já tinha brigado com outros caras, nunca com uma mulher.

Depois que você cuspiu na cara dela e a chamou de vagabunda, você se arrependeu no instante seguinte ou só depois da sua eliminação?
Eu me arrependi assim que o sangue baixou. Tanto que eu me enfiei no quarto e fiquei chorando. A galera vinha falar comigo, os caras que eu considero meus amigos. Todo mundo sabia que eu tinha feito merda e como forma de carinho veio tentar me acalmar.

Pediu desculpas?
Na hora, não. A Teté é uma pessoa estressada. Eu também. E se eu tô estressado e alguém vem pedir desculpas, mando tomar no cu. Foi a primeira coisa que fiz quando acordei. Eu a vi sentada no sofá de frente para o quartão, e eu não sabia como seria a reação dela com outras pessoas por perto. No momento que ficamos só eu e ela, aí eu perguntei se ela estava disposta. Porque se ela ainda estivesse com raiva eu deixaria para um outro momento. Eu disse que o motivo pelo qual tinha brigado com ela eu não me via errado, mas que perdi a razão no momento em que cuspi na cara dela, não deveria ter feito isso, e pedi desculpas.

Como ela reagiu?
Ela me surpreendeu, disse que era muito importante eu ter pedido desculpas. Ela se justificou pelo motivo de nossa briga. E depois eu juntei a casa inteira, porque sempre que quando tem uma briga, independente de quem for, fica um clima pesado. Pedi a palavra, sentia vontade de chorar, pedi desculpas pelo ocorrido e pelo clima que gerei na casa.

E por que você a chamou de vagabunda?
Cabeça quente.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook