TOLERÂNCIA ZERO

Justus nega proteção a participantes de A Fazenda: 'Tô pouco me lixando'

Antonio Chahestian/Record TV

O apresentador Roberto Justus na sede de A Fazenda - Nova Chance, reality da Record - Antonio Chahestian/Record TV

O apresentador Roberto Justus na sede de A Fazenda - Nova Chance, reality da Record

FERNANDA LOPES - Publicado em 15/11/2017, às 07h00

Apresentador de A Fazenda - Nova Chance, Roberto Justus afirma que não tem preferência por participante algum do reality show e que jamais arriscaria sua carreira para proteger um deles. Sem paciência para comentários e teorias que lê nas redes sociais sobre supostas ajudas a um fazendeiro ou outro, ele faz questão de dizer que não poderia se importar menos com o destino de cada habitante da casa.

"Vou manipular votação para ajudar participante de reality show a ganhar, sendo que daqui a um ano ninguém nem lembra mais quem essa pessoa é? Se isso for descoberto, acabou A Fazenda", reconhece. "Tô pouco me lixando pra quem sai, quando sai. Não é que eu não goste deles, mas o que muda na nossa vida?", declara.

No ar desde 12 de setembro, a atual edição de A Fazenda já gerou especulações no público e até nos próprios peões. Um internauta fez um print de imagem da TV em que Ana Paula Minerato parecia ter um celular na mão, e Rita Cadillac afirmou que acredita que alguns participantes recebem roteiros que ditam suas atividades na casa.

Justus diz que dá risada de tais suposições, que julga "sem propósito", mas seu tom de voz ao falar sobre o assunto demonstra certa irritação.

"A gente se diverte muito com as especulações mais absurdas que a fazenda acaba provocando. Uma emissora como a Record, um apresentador que tem a carreira que eu tive na minha vida, com importância que eu dou a bom-caratismo... Que interesse, pelo amor de Deus, nós vamos ter em correr o risco de querer ajudar um participante de reality?", questiona.

"Com todo respeito a essas pessoas, eu não construí uma história para perder toda a credibilidade por causa de um participante de reality show. Qual é a lógica?", explica.

Essa é a segunda vez que o apresentador comanda A Fazenda (a primeira foi em 2015). Justus vai até a sede do reality três vezes por semana, onde grava as introduções das edições diárias e comanda votações, eliminações e provas ao vivo.

Em uma dessas interações com os participantes, ele deu uma resposta atravessada a Dinei, que o chamou de "bambi" (piada com o fato de ser são-paulino). "Não vou responder essa provocação de baixo calão", ele rebateu. Ainda assim, Justus ainda acredita que é uma pessoa muito melhor em A Fazenda do que era quando começou na TV, em O Aprendiz (2004).

"Quando você está ao vivo, está sujeito a esse tipo de coisa. As pessoas me comparam com o Roberto de O Aprendiz, mas [o formato do programa anterior] exigia que eu fosse muito pior em termos de tratamento humano do que eu sou normalmente. Lá era para triturar os caras intelectualmente, aqui é um laboratório de seres humanos. Tenho minha personalidade, tenho estilo forte de ser, mas não quer dizer que eu destrate as pessoas", afirma.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que destino Fabiana deve ter em A Dona do Pedaço?
Morrer, essa aí é tão mau-caráter que não tem salvação
15.22%
Ir para a cadeia e pagar por todas as maldades que cometeu
42.85%
Virar boazinha e ajudar Maria da Paz a derrotar Josiane
13.41%
Voltar para o convento de onde nunca deveria ter saído
28.52%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook