Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ENTREVISTA A CABRINI

Mulher de Tom Veiga, Cybelle Hermínio diz que ator a preparou para briga por herança

REPRODUÇÃO/RECORD

Cybelle Hermínio com expressão de surpresa em entrevista ao Domingo Espetacular

Cybelle Hermínio, última mulher de Tom Veiga, em entrevista ao Domingo Espetacular deste domingo (11)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 11/4/2021 - 22h50

Última mulher de Tom Veiga (1972-2020), Cybelle Hermínio revelou que o marido a preparou para brigar com seus quatro filhos pela herança na Justiça. Ela afirmou que o companheiro se sentia um "caixa eletrônico" para os herdeiros e que não havia uma relação de afeto verdadeiro na família. "Ele sabia que isso ia acontecer, que brigariam por causa de dinheiro", disse.

A viúva do ator fez questão de frisar que se casou em regime de separação de bens, e que o intérprete de Louro José teria feito o testamento em seu favor por se sentir usado pelo restante de seus familiares. "O Tom não tinha apoio dos filhos. Se sentia de outra forma. Ele não era requisitado como pai, pelo lado afetivo", avaliou.

Ela concedeu entrevista a Roberto Cabrini no Domingo Espetacular deste domingo (11), em que também chorou diante das acusações de ter envenenado o parceiro. "Se a Justiça abrir investigação e achar necessário que o corpo seja exumado, eu dou apoio. Não tenho o que temer", disparou.

Cybelle ainda apontou que Veiga teve a chance de desfazer o testamento, mas preferiu mantê-lo uma semana antes de morrer. "Ele foi no mesmo cartório para fazer uma procuração para advogada, então por que não o revogou? Ele teve oportunidade, por que não cancelou?", questionou.

"O testamento partiu do próprio Tom porque ele sempre soube os filhos que tinha. Não existia carinho pelo pai. Ele se sentia um caixa eletrônico. Na última viagem em família, ele ficou indignado com o disse me disse  e me disse: 'por que eles estão fazendo isso comigo?", concluiu ela.

Áudios reveladores

Cabrini também obteve áudios em que Veiga admite que pretendia não só desfazer o testamento, mas ainda se separar de Cybelle. "Ele realmente queria tirá-la do documento, que fez com outro profissional. Queria o divórcio para continuar com a vida dele", disse o advogado Gabriel Villareal, que representa o parceiro profissional de Ana Maria Braga.

A reportagem da Record procurou Alessandra Veiga, que foi casada com o funcionário da Globo por 17 anos e mãe de dois dos seus filhos. Ela contou que o casal pretendia retomar a relação. "Era provável que a gente retomasse, mas nós precisávamos nos ver, nos tocar. Eu ia para o Brasil para falar com ele", considerou.

Ela reiterou as acusações de que Cybelle teria agredido Veiga. "Ele mandou isso [os áudios] para mim porque imaginou que eu seria a voz dele. O que me incomoda mais é que ele teve que passar por uma situação dessas. Ele tinha vergonha [de denunciá-la]", arrematou Alessandra.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?