Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

APAGÃO

CSA x Palmeiras será o primeiro jogo do Brasileirão sem TV em quase 20 anos

DIVULGAÇÃO/PALMEIRAS

O meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras: jogo contra o CSA nesta quarta ficará restrito ao rádio - DIVULGAÇÃO/PALMEIRAS

O meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras: jogo contra o CSA nesta quarta ficará restrito ao rádio

GABRIEL VAQUER

Publicado em 1/5/2019 - 6h05

Marcado para as 16h desta quarta-feira (1º) em Maceió, CSA x Palmeiras será o primeiro jogo do Campeonato Brasileiro que não terá nenhuma transmissão ao vivo na TV em quase 20 anos. A última partida completamente ignorada pela TV foi Botafogo x Guarani, no longínquo 10 de novembro de 1999. No ano seguinte, a Série A passou a ser 100%  televisionada, na TV aberta, em canal pago ou no pay-per-view.

A partida valia a permanência do clube carioca no campeonato de 2000. Na época, havia uma divisão de clubes entre SporTV e ESPN Brasil. Foi o último ano de um imbróglio que durou cinco temporadas entre os canais. O Guarani tinha contrato com o canal da Disney, e o Botafogo, com o canal da Globo.

O jogo, que terminou em 1 a 0 para o Fogão, foi um dos pivôs de outro imbróglio, que impediu a realização do campeonato de 2000 e causou a criação da Copa João Havelange.

Também faz quase 20 anos que o Palmeiras não tem uma partida da Série A com zero TV. Em 3 de novembro de 1999, o Verdão enfrentou o Guarani, e não houve televisionamento pelos mesmos motivos do jogo entre o clube de Campinas e o Botafogo.

Em 2003, as cinco primeiras rodadas da Série B, disputada pelo Palmeiras, não puderam ser mostradas na TV por falta de acordo sobre os direitos. Assim, considerando-se as passagens pela segunda divisão, o último jogo do Verdão sem veiculação foi uma goleada sobre o Caixas (4 a 1), em 24 de maio de 2003. 

Naquela ocasião, apenas rádios fizeram a cobertura, assim como vai acontecer nesta quarta, quando três emissoras de Maceió (Pajuçara, Gazeta AM e 1020 AM) e duas de São Paulo (Transamérica e Bandeirantes) irão cobrir a partida em tempo real e in loco.

Palmeiras x Globo

As negociações entre Globo e Palmeiras estão sendo tocadas por Fernando Manuel Pinto, diretor de gestão do futebol no Esporte do Grupo Globo, e Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras.

A Globo ofereceu R$ 100 milhões em luvas diluídas no contrato, entre este ano e 2024. O Palmeiras até concorda com o valor, o mesmo pago pela Turner quando assinou o vínculo para a TV paga, em 2016, mas quer suas exigências (ou pelo menos uma parte delas) atendidas.

O Palmeiras quer uma porcentagem fixa de pay-per-view, assim como Corinthians e Flamengo têm. O Timão e o Rubro-Negro recebem 18,5% do montante arrecadado. O Alviverde quer entre 15% e 16%.

Tanto o Palmeiras quanto a Globo se manifestaram sobre as negociações no sábado (27), dia que começou o Campeonato Brasileiro. 

TUDO SOBRE

Palmeiras


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?