Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Agora É Tarde

Band exige na Justiça que Danilo Gentili volte ao trabalho em 5 dias

Roberto Nemanis/SBT

Danilo Gentili durante apresentação da nova programação do SBT à imprensa, dia 18 - Roberto Nemanis/SBT

Danilo Gentili durante apresentação da nova programação do SBT à imprensa, dia 18

DANIEL CASTRO

Publicado em 26/2/2014 - 14h30

A Band entrou com ação na Justiça exigindo que o apresentador Danilo Gentili cumpra "imediatamente" o contrato que valeria até 31 de dezembro de 2014 e "compareça às dependências" da emissora "dentro do prazo de cinco dias (...) para a gravação do programa que voltará ao ar em março", o Agora É Tarde. 

O pedido, feito no último dia 19, foi negado anteontem (24), pelo juiz Henrique Maul Brasilio de Souza, da 18ª Vara Cível de São Paulo. Para o magistrado, o Poder Judiciário não pode obrigar o humorista "a prestar a atividade material contratada", ou seja, a gravação de programas de televisão, já que Gentili pode arcar com as consequências (pagamento de multa).

Na verdade, a Band não quer Gentili de volta, tanto que já anunciou oficialmente Rafinha Bastos como novo apresentador do Agora É Tarde, a partir da próxima quarta (5). Pedir Gentili de volta foi uma estratégia para ser indenizada pelo rompimento de contrato e impedir a estreia de Gentili no SBT, à frente do talk show The Noite, prevista para o dia 10.

O juiz também negou outros três pedidos de tutelas antecipadas da Band:

1) pagamento imediato de multa contratual. O despacho do juiz não fala de quanto seria essa multa, mas os advogados da Band deram à causa o valor de R$ 2,4 milhões. O juiz optou por deixar a questão para a sentença, após ouvir Gentili.

2) Impedir a estreia de Gentili em outra emissora. A Band não citou o SBT. Conceder uma liminar nessa situação poderia trazer "consequências claramente irreversíveis" em caso de equívoco, já que o humorista "notoriamente depende da presença de sua imagem no meio televisivo", argumentou o juiz.

3) Proibir Danilo Gentili de se apropriar do formato do Agora É Tarde. Para o juiz Souza, ainda não há "elementos concretos" que indiquem a "suposta violação de direitos intelectuais", apenas reportagens na imprensa.

Cabem recursos da decisão do juiz.

LEIA TAMBÉM:

Débora Falabella desbanca Grazi e será protagonista de novela das 7

Em Família: Sem Bia, Juliana vai agir como um viciada em crack

Big Brother Brasil bate novo recorde negativo com adeus de Roni

Atraso faz Globo cancelar Carnaval de Em Família e atores se revoltam

Globo ameaça processar sites que cobrem BBB por 'uso intelectual'

Sem frente de capítulos, Em Família já tem correria nos bastidores

Após detonar Portiolli, Marchiori volta ao SBT e é chamada de 'falsa'

Celebridades fogem de Aprendiz por causa de Justus e Copa do Mundo

Globo confirma encurtamento de Em Família, mas culpa a Copa

Em Família: Cicatriz mutante de Virgílio muda de lugar e cor


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você espera ver na TV em 2021?