Homens de preto

Band dobra 'ano sabático' e adia retorno do CQC para 2018

Divulgação/Band

Dan Stulbach, que substitui Marcelo Tas à frente do CQC no último ano do programa - Divulgação/Band

Dan Stulbach, que substitui Marcelo Tas à frente do CQC no último ano do programa

DANIEL CASTRO - Publicado em 17/11/2016, às 06h32

Previsto para o início de 2017, o retorno do CQC à programação da Band ficou para o ano seguinte. Segundo Diego Guebel, diretor-geral de conteúdo da emissora, existe uma possibilidade de o programa reestrear no segundo semestre do ano que vem, mas o mais provável é que isso só ocorra em 2018, quando o formato completa dez anos no Brasil.

Assim, a Band irá dobrar o "ano sabático" que o CQC teria ao longo de 2016, conforme nota oficial em que anunciou que a atração sairia do ar temporariamente.

Nos bastidores da Band, muita gente duvida que o formato que mistura humor com jornalismo voltará mesmo em 2018. Avalia-se que a inovação que o CQC trouxe, a abordagem irreverente da política e do universo das celebridades, já foi assimilada e copiada por outros programas.

O CQC, no entanto, continua no radar da direção da Band.

O programa saiu do ar no final de 2015 após apresentar 339 edições e revelar vários novos talentos, como Monica Iozzi, Felipe Andreoli, Rafael Cortez e Marco Luque, hoje todos na Globo, além de Rafinha Bastos, Danilo Gentili e Oscar Filho, entre outros.

Programação 2017
A Band vai continuar apostando forte no segmento de realities culinários no próximo ano. Vai repetir a estratégia de 2016 com duas edições de MasterChef, uma com amadores e ourtra com profissionais da cozinha.

A linha de realities começará no final de janeiro com Pesadelo na Cozinha. Apresentado por Erick Jacquin, o programa será a versão brasileira de Kitchen Nightmares, consagrado pelo britânico Gordon Ramsay. Nele, um restaurante à beira da falência passará por uma transformação. Jacquin irá analisar o cardápio, testar a comida, dar parecer sobre o local, opinar e propor mudanças na decoração. 

Em abril, a emissora exibirá Era uma Vez Uma História, série protagonizada por Dan Stulbach e pela historiadora Lilia Schwarcz. Contará o período da história do Brasil que vai de 1806 a 1889 misturando documentário com ficção.

No segundo semestre, já está confirmada uma nova edição do reality musical X Factor Brasil.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook