Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Caso de polícia

Após zombar Big Brother, Record 'queima a língua' com A Fazenda

Reprodução/TV Record

O ex-Menudo Roy Roselló deixa a sede de A Fazenda, acompanhado de policial, e vai a delegacia  - Reprodução/TV Record

O ex-Menudo Roy Roselló deixa a sede de A Fazenda, acompanhado de policial, e vai a delegacia

RAPHAEL SCIRE

Publicado em 25/9/2014 - 13h57

A prisão do ex-Menudo Roy Rosselló, participante de A Fazenda 7, nesta quinta-feira (25), transformou o reality show em caso de polícia. O fato "queima a língua" da Record, que em 2012 provocou a Globo em uma situação que também envolveu polícia e reality show.

Em maio daquele ano, a Record fez piada quando a Polícia Civil entrou na Globo, no Rio de Janeiro, para intimar o modelo Daniel Echaniz, participante de Big Brother Brasil, que foi acusado de estuprar a colega de confinamento Monique Amin. A Record se aproveitou da situação e propagandeou A Fazenda como "um reality acima de qualquer suspeita".

O ex-BBB Daniel Echaniz foi absolvido da acusação em fevereiro deste ano. O suposto crime teria acontecido após uma festa no reality show em que os dois, animados, foram parar debaixo do edredom e o modelo parecia abusar sexualmente da sister, inconsciente pelo seu estado alcoólico.

Na ocasião, a Polícia Civil, após receber denúncias sobre a conduta de Echaniz, esteve no Projac, a central de estúdios da emissora carioca, a fim de avaliar o caso. À emissora, foram dadas duas opções: ou encerrar o programa _que estava na sua primeira semana_ ou expulsar o participante para que as investigações fossem feitas de forma adequada. A Globo optou pela segunda e alegou que Echaniz teve “um grave comportamento inadequado”.

Em maio do mesmo ano, a Record, por conta do lançamento da quinta edição de A Fazenda, divulgou um teaser do programa no qual diversos animais seguiam por uma estrada rumo à sede do reality caipira. Eis que surgia um robô, semelhante ao avatar do BBB, correndo no meio dos bichos e fugindo de um carro da polícia. O vídeo era encerrado com o anúncio: "A Fazenda. Um reality acima de qualquer suspeita". Assista:

Passados dois anos, a Record paga a língua e vê seu principal reality também envolvido em uma confusão policial, ainda que desta vez com uma acusação menos grave do que a do BBB.

O ex-Menudo Roy Rosselló, participante da sétima edição de A Fazenda, foi preso e levado para uma delegacia de Itu (SP) por não pagar pensão alimentícia. A polícia esteve na sede do programa e o retirou de lá na manhã desta quinta feira (25). Por causa da prisão, a votação da roça, da qual ele participava, foi suspensa.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Web Stories

+
Próximos filmes da Marvel têm Pantera Negra e Os Eternos; confira lista completaAplauso final: Despedida de Paulo Gustavo abala família, amigos e fãsComo fênix, Juliette renasceu dentro do BBB21; relembre a trajetória da finalistaPlanta faz isso? Mesmo sem protagonismo, Camilla chega à final do BBB21Fiuk chora muito, se livra de paredões e chega até a final do BBB21

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou dos casais do Power Couple Brasil 5?