ACORDO

Após ameaça de greve, RedeTV! volta atrás e diz que vai pagar horas extras

NOTÍCIAS DA TV

Funcionários do jornalismo da RedeTV! reunidos no estacionamento da emissora

Profissionais da RedeTV! no estacionamento da emissora nesta terça-feira (22); corte foi revogado

REDAÇÃO - Publicado em 23/10/2019, às 13h49

A RedeTV! recuou da medida que proibia pagamento de horas extras aos jornalistas e radialistas. A nova decisão, informada aos profissionais no início da tarde desta quarta (23), foi tomada após a deflagração de estado de greve por parte da equipe da emissora. Se não houvesse negociação, eles cruzariam os braços a partir da tarde desta quinta (24).

Em comunicado interno enviado aos funcionários por e-mail, obtido pelo Notícias da TV, o departamento de Recursos Humanos da RedeTV! afirma que recuou no corte "após profunda reflexão". Porém, o setor deixa claro que "busca alternativas para a reestruturação financeira" da emissora.

Todos os setores seriam impactados com a redução salarial, imposta pela alta cúpula da rede. Os jornalistas chegaram a paralisar suas atividades na tarde de segunda (21) para protestar no estacionamento da emissora.

A proibição de horas extras e o consequente impacto no contracheque foram anunciados para os jornalistas e radialistas na noite de sexta-feira (18). Em alguns casos, as horas extras representam até 40% do salário.

Os profissionais que seriam mais impactados com o novo corte de gastos são os editores e repórteres. Alguns deles, que inclusive fazem parte do rodízio de apresentadores do RedeTV! News aos finais de semana e feriados, passariam a receber menos que o piso salarial da categoria, que é de R$ 2.528,27.

A situação seria ainda mais delicada no caso dos cinegrafistas. Há dois anos, eles atuavam também como motoristas da frota de veículos de gravações externas. A emissora, porém, extinguiu essa função e fez parceria com aplicativos de mobilidade urbana para transportar os repórteres.

Procurada pelo Notícias da TV, o sindicato dos Jornalistas de São Paulo diz ainda não ter conhecimento da revogação. 

Confira na íntegra o comunicado distribuiído pela RedeTV! aos seus colaboradores nesta quarta-feira (23):

"Prezados colaboradores, 

A REDETV!, após profunda reflexão, decidiu reavaliar a questão de supressão das horas extras, retirando sua determinação.

Esclarece, porém, que continuará buscando alternativas visando sua necessária reestruturação financeira, essencial para adequação às atuais condições de mercado".

Tudo sobre

RedeTV!

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook