Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

MAIS VOCÊ

Ana Maria Braga fica indignada com a Seleção Brasileira e solta palavrão ao vivo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Ana Maria Braga no Mais Você

Ana Maria Braga no Mais Você; apresentadora não conteve revolta contra vexame da Seleção Brasileira

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/7/2024 - 12h25

Ana Maria Braga não conteve sua revolta com a Seleção Brasileira nesta segunda (8). Depois de o time ser eliminado da Copa América por um péssimo desempenho no jogo contra o Uruguai, a apresentadora criticou a atuação dos jogadores em papo com Felipe Andreoli e deixou escapar um palavrão.

"Esse negócio de o Brasil jogando foi um balde de água fria", afirmou a apresentadora, antes de comentar a partida. "Eu estava com uma esperança...", declarou ela.

"Eu estava com uma esperança antes da competição começar, pela renovação. É uma necessidade nossa, renovar e rejuvenescer o time, mas na hora que a bola rolou, a verdade é que em nenhum jogo, mesmo aquele Brasil e Paraguai em que o Brasil ganhou por 4 a 1, a nossa Seleção brilhou", analisou o apresentador do Globo Esporte.

"A gente não estava fazendo uma bela campanha", concordou Ana Maria. Andreoli também comentou que o Brasil poderia ter escapado do Uruguai, que é um adversário forte, caso tivesse se esforçado mais na partida contra a Colômbia.

"O jogo foi equilibrado, sem muitas chances para os dois lados. E, nos pênaltis, o Brasil perdeu. Não adianta falar que pênalti é loteria, porque essa história acabou. Tem que estudar a cobrança dos adversários, tem que treinar. E o Brasil saiu perdendo logo de cara, na primeira cobrança", disparou o setorista de esportes.

Ana Maria Braga aproveitou para tecer uma crítica à maneira como os jogadores do Brasil cobravam os pênaltis, e acabou deixando escapar um palavrão. "A minha implicância é: todos eles aprenderam a dançar na frente da bola antes de bater o pênalti", afirmou ela. "Eles vêm, a bola está aqui, e eles começam [a dançar em frente dela], aí, p*rra! O que muda?", questionou.

"Eu não sei, talvez eles saibam explicar melhor. Mas a gente, que já assistiu outras épocas de futebol...", tentou argumentar Andreoli, mas a apresentadora não se conformou.

"Pergunta técnica agora: se eu for, bater direto e souber onde eu vou bater, onde eu quero bater, e não olhar para o goleiro ver. Eu não tenho mais força, do que fazer uma corridinha ali?", insistiu a veterana.

"Acho que cada jogador tem seu estilo, sua maneira de bater. Alguns estão acostumados a bater em seus clubes, outros nem tanto. Os nossos principais batedores já estavam fora do jogo", comentou o jornalista. "Rodrigo não estava mais jogando, Vinícius estava suspenso, e o Rafinha já tinha sido substituído", complementou.

Assista ao momento em que a apresentadora se revolta com a Seleção Brasileira:


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.