Ultra-alta definição

TVs com resolução 4K chegam ao Brasil, mas ainda falta conteúdo

Reprodução/Sony

Modelo da Sony de TV de 84 polegadas com resolução 4K, com definição quatro vezes superior à Full HD  - Reprodução/Sony

Modelo da Sony de TV de 84 polegadas com resolução 4K, com definição quatro vezes superior à Full HD

EDUARDO BONJOCH - Publicado em 25/09/2013, às 16h55 - Atualizado às 20h28

Se, para você, a resolução Full HD (1920 por 1080 pixels), presente na maioria dos modelos de TVs à venda hoje nas lojas, já parecia suficiente, os fabricantes querem mostrar que não.

O mercado brasileiro deve oferecer nove televisores com a chamada resolução 4K (ou Ultra HD, de Ultra High Definition) até o final do ano.

O grande avanço dessas TVs está na definição (3840 por 2160 pixels), quatro vezes superior à Full HD. Na prática, isso se traduz em um maior detalhamento e profundidade da imagem. Por outro lado, ainda não há previsão para o lançamento de programas de TV, jogos de videogame e títulos em Blu-ray com resolução genuína 4K.

Os grandes fabricantes acreditam que o conteúdo começará a chegar em breve, assim como aconteceu com outras tecnologias inovadoras, como a própria alta definição.

Alta definição, alto valor

O valor inicial para entrar no mundo Ultra HD ainda é bem salgado: R$ 12.999, quase o dobro do custo de uma TV Full HD de mesmo tamanho.

Algumas TVs 4K já estão nas lojas, como é o caso dos modelos LG de 84” (o primeiro a chegar ao Brasil, ainda no final do ano passado) e da linha da Sony, com modelos de 55”, 65” e 84” e preços que vão de R$ 12.999 a R$ 100 mil.

A partir de outubro, Samsung e LG também se preparam para lançar mais televisores desse tipo. A primeira resolveu investir em telas de 55”, 65” e 85” (a maior do mercado e preço igual ao do concorrente: R$ 100 mil). Já a LG complementará a linha com modelos de 55” e 65” (e preço final a partir de R$ 14.999).

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook