A partir de R$ 249

Seis produtos que vão conectar sua TV à internet sem gastar muito

Divulgação

Conectado ao televisor, o Chromecast transforma celulares e tablets em controles remotos - Divulgação

Conectado ao televisor, o Chromecast transforma celulares e tablets em controles remotos

EDUARDO BONJOCH - Publicado em 02/11/2014, às 14h56

Ter uma TV conectada não é a única maneira de acessar a internet na tela grande. De pen-drives turbinados a media players e videogames, as lojas estão recheadas de opções para quem quer transformar qualquer televisor em um modelo com acesso à web e sem gastar muito.

Lançado pelo Google, o pequeno e eficiente Chromecast, por exemplo, sai por R$ 249, quatro vezes menos do que as TVs conectadas mais baratas do mercado, com custo aproximado de R$ 1.000. Por R$ 400, o consumidor pode levar para casa o media player Apple TV, que também facilita o compartilhamento de fotos, vídeos e músicas entre os dispositivos ligados em rede.

E se quiser investir um pouco mais, as alternativas se multiplicam. Incluem sofisticados blu-ray players, videogames, notebooks com entrada HDMI e até sistemas de home theater com seis caixas acústicas. A seguir, conheça seis soluções de até R$ 1.000 para modernizar seu televisor, permitindo o desejado acesso a conteúdos da internet.

Televisor exibe cena do filme Era do Gelo com Chormecast conectado a telefone celular

Chromecast

É a solução mais simples e barata para ver vídeos do YouTube e séries da Netflix em qualquer televisor. A única exigência é que a TV tenha entrada HDMI. Semelhante a um pen-drive, o produto, que custa R$ 249, utiliza essa conexão para exibir conteúdos da internet que partem de smartphone, tablet, notebook e PC. Basta o Chromecast e o computador ou celular estarem ligados na mesma rede de wi-fi.

Quando o Chromecast começa a funcionar, o smartphone ou tablet onde o aplicativo do produto foi instalado passa a ser o controle remoto do consumidor. É através dos dispositivos portáteis que você seleciona os vídeos que quer ver na TV. Por enquanto, o melhor uso do acessório se dá com aplicativos do próprio Google, como YouTube e Google Play Filmes, ou de parceiros, como Netflix, Vevo (forte em videoclipes) e Crackle (com conteúdo da Sony Pictures).

Em testes com novelas e programas da TV Globo (via site Gshow carregado pelo navegador Chrome), o resultado não agrada. A conexão provoca constantes congelamentos da imagem na tela da TV.

Sistemas de home theater

Com cerca de R$ 1.000, dá para levar um sistema completo que roda discos blu-ray, acessa os principais aplicativos on-line e vem com seis caixas acústicas. São duas frontais, que devem ficar nas laterais da TV; uma central, logo abaixo do televisor; duas surround; na parte de trás da sala, reforçando os efeitos e o envolvimento dos filmes; e um subwoofer, de preferência posicionado no piso para reproduzir os sons graves sem vibrações no móvel. Um pouco mais caros os modelos com caixas acústicas traseiras sem fio facilitam a instalação e evitam reformas para ocultar os cabos.

Com uma Apple TV ligada no televisor, é possível ver filmes comprados ou alugados no iTunes

Apple TV

Com esse media player, que custa R$ 399, o consumidor também tem acesso aos aplicativos mais populares das TVs conectadas. Pode ainda comprar ou alugar filmes através de uma conta no iTunes, mas não é possível baixar e armazenar o conteúdo diretamente na Apple TV, já que o equipamento não dispõe de memória para isso.

E se tiver outros produtos da Apple em casa, como notebook, tablet e smartphone, o usuário consegue compartilhar fotos e vídeos com a Apple TV sem precisar de fio. A ligação com o televisor é a única que depende de um cabo HDMI, vendido separadamente.

Notebook com conexão HDMI

Embora a maioria dos notebooks com esse tipo de conexão custe mais de R$ 1.000, há modelos das marcas Samsung e Philco nessa faixa de preço. Na hora da instalação, você vai precisar de um cabo HDMI, que será usado para ligar o computador à TV e permitir o acesso a todos os conteúdos da web na tela grande. Dica: com um cabo de dois a quatro metros, você poderá manusear o notebook com mais conforto, independente da posição do televisor.

O console Xbox 360 permite conectar a TV à internet e traz acesso direto ao conteúdo da HBO

Videogame

Com preços que variam de R$ 700 a pouco mais de R$ 1.000 (de acordo com a versão), os videogames PlayStation 3, da Sony, e Xbox 360, da Microsoft, escondem várias funções, capazes de transformá-los em verdadeiros media centers. 

Na era da conectividade, os jogadores podem disputar partidas on-line com usuários de qualquer parte do mundo e baixar aplicativos para acessar os conteúdos de maior sucesso nas TVs conectadas, incluindo YouTube, Netflix (no caso do Xbox 360, apenas para assinantes Live Gold) e Crackle. A Microsoft oferece ainda o serviço HBO Go, com filmes e séries on-demand sem custo para quem possui o pacote HBO Max de TV paga.

Blu-ray player

Como o formato de discos em alta definição com qualidade de som e imagem superior à do DVD não decolou, os fabricantes passaram a incrementar seus aparelhos com outras funções. Os modelos mais avançados exibem fotos e vídeos do celular ou do notebook sem precisar de fios e acessam a internet.

Mesmo assim, verifique com quais aplicativos o player escolhido é compatível. Players mais básicos costumam ser limitados no acesso a conteúdos da web. No mercado, há modelos que acessam os principais aplicativos das TVs conectadas e até aparelhos com navegador para carregar qualquer página da web a partir de R$ 450.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook