Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Clássico revisto

Série A Feiticeira ganha nova versão 50 anos depois da estreia

Divulgação/ABC

Elizabeth Montgomery no papel da simpática bruxa Samantha Stephens em A Feiticeira - Divulgação/ABC

Elizabeth Montgomery no papel da simpática bruxa Samantha Stephens em A Feiticeira

REDAÇÃO

Publicado em 22/10/2014 - 18h38

Cinquenta anos depois da estreia, a série A Feiticeira voltará a ser produzida. A rede norte-americana NBC saiu vencedora de um leilão com a concorrente rede ABC e comprou o piloto do remake da série clássica, informou nesta quarta (22) o site Deadline.

Duas gerações depois, a nova versão de A Feiticeira terá como protagonista a neta da bruxa Samantha (Elizabeth Montgomery), Daphne Stephens. Na versão original da série, produzida entre 1964 e 1972, Samantha fazia mágicas torcendo o nariz. Na nova versão, Daphne terá 20 anos e usará seus truques para evitar problemas e resolver conflitos, mas sente falta de algo essencial: o verdadeiro amor. 

A série original A Feiticeira foi transmitida nos Estados Unidos pela rede ABC, durou oito temporada e teve 254 episódios. No Brasil, A Feiticeira passou pela Excelsior, Globo, Record, Band e RedeTV!, entre outras emissoras. Recentemente, o canal pago TCM exibiu algumas temporadas.

A comédia clássica girava em torno das tentativas da bruxa Samantha (Elizabeth Montgomery) de levar uma vida comum. Após se casar com o publicitário James Stephens (Dick York/Dick Sargent), ela evitou usar suas habilidades, mas mãe, Endora (Agnes Moorehead), não concordou com a humanização da filha e lutou para acabar com o casamento dela.

A produção da nova série está sob a responsabilidade da Red Wagon Entertaiment, mesma produtora do filme homônimo de 2005.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou dos participantes do BBB21?