Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Ballers

HBO mistura glamour, sexo, drogas e rap em série de futebol americano

Divulgação/HBO

O ator Dwayne Johnson, conhecido como The Rock, ao lado de Arielle Kebbel, em nova série da HBO - Divulgação/HBO

O ator Dwayne Johnson, conhecido como The Rock, ao lado de Arielle Kebbel, em nova série da HBO

JOÃO DA PAZ

Publicado em 17/6/2015 - 16h47
Atualizado em 18/6/2015 - 5h52

Com o carisma do protagonista Dwayne "The Rock" Johnson e uma mistura de glamour, sexo, drogas e rap, a HBO estreia no próximo domingo (21) Ballers. A nova série mostra como um ex-jogador de futebol americano se adapta à aposentadoria. Tal qual um Ronaldo do esporte mais popular dos Estados Unidos, Spencer Strasmore (The Rock) não consegue se desvincular desse universo (principalmente das baladas) e vira empresário de atletas.

A abertura já dá o tom da série, ambientada em Miami, com uma música de um dos maiores rappers do momento: Lil Wayne. Em uma das primeiras cenas, Strasmore aparece em um ambiente comum a jogadores da NFL (a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos), uma festinha regada a champagne e muita música, e lá reencontra um antigo companheiro.

Em seguida, o atleta Rick Jerret (John David Washington) conversa com Strasmore e revela estar desesperado, pois corre o risco de ser dispensado do Green Bay Packers, um dos clubes mais bem estruturados e populares da NFL. Baladeiro, Jerret não consegue ficar longe das polêmicas.

Para o jogador, não é fácil desviar das principais tentações extracampo: sexo e drogas. Na festinha, ele se entrega a ambas, transa com uma garota desconhecida em um banheiro e, chapado, se desentende com um rapaz e o agride. O barraco chega à imprensa, e a diretoria dos Packers tem de decidir seu futuro: mandá-lo embora ou não.

Aí entra Strasmore. É a primeira grande oportunidade de ele mostrar o conhecimento adquirido ao longo da carreira como jogador da NFL. O aspirante a empresário inicia a nova jornada fazendo lobby para limpar a barra do jogador. 

O ator Tim Robbins, ex-de Susan Sarandon, é protagonista da comédia The Brink

Um alcoólatra metido a herói

Tim Robbins, vencedor do Oscar de 2003 e ex-marido de Susan Sarandon, interpreta um político alcoólatra e sadomasoquista em The Brink, comédia da HBO que ironiza a política externa dos Estados Unidos e estreia logo após Ballers, também no próximo domingo.

Na produção, ele é Walter Larson, secretário de Estado norte-americano, homem decidido em convencer o presidente do país, Julian Navarro (Esai Morales), a não atacar o Paquistão, evitando assim o início de uma possível Terceira Guerra Mundial.

Larson, no entanto, é o único entre os principais conselheiros do presidente contrário ao conflito. O secretário de Defesa, Pierce Gray (Geoff Pierson), aconselha Navarro a não se conter e agredir os rebeldes do país asiático.

O presidente também precisa lidar com a pressão de países aliados. De um lado, Israel ameaça partir para cima do Paquistão se os Estados Unidos não tomarem uma atitude e parar o conflito civil na nação rival. E a China se mostra contrária a qualquer embate armado. 

Literalmente no meio do fogo cruzado, encontra-se o diplomata Alex Talbot (Jack Black), funcionário da Embaixada dos Estados Unidos em Islamabad, capital do Paquistão. Ele passa a ser peça importante nesse jogo ao descobrir o passado de Umair Zaman (Iqbal Theba), líder do grupo revolucionário que ameaça tomar controle da principal cidade do país. Assim, Talbot deixa de ser um mero empregado do governo e vira uma pessoa importante na briga diplomática.


Programa: Ballers Estreia: 21/6

Quando: domingos, às 23h

Onde: HBO


Programa: The Brink Estreia: 21/6

Quando: domingos, às 23h30

Onde: HBO


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?