Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Séries na TV aberta

Globo compra nova 'Homeland', e Band terá Glee e Sleepy Hollow

Divulgação/FX

Cena de Tyrant, sobre um árabe que volta para o Oriente Médio depois de 20 anos nos Estados Unidos - Divulgação/FX

Cena de Tyrant, sobre um árabe que volta para o Oriente Médio depois de 20 anos nos Estados Unidos

DANIEL CASTRO

Publicado em 15/7/2014 - 20h08
Atualizado em 16/7/2014 - 5h34

Nova série do criador de Homeland, o israelense Gideon Raff, Tyrant já foi comprada pela Globo. A emissora deverá exibir a produção no primeiro trimestre de 2015, após a transmissão pelo canal FX, onde a produção estreia em outubro. Outra novidade no universo das séries na TV aberta é a aquisição de Glee pela Band, que também terá Carlos, de 2010, vencedora do Globo de Ouro, Sleepy Hollow e Salem.

Tyrant acabou de estrear nos Estados Unidos. Com gravações em Israel, mostra um fictício país do Oriente Médio dominado por um clã de ditadores. A série foi recebida de forma ambígua pela imprensa norte-americana. Ganhou elogios, mas também tem sido criticada pela atuação pouco convincente do protagonista Adam Rayner e pela representação deturpada do Oriente Médio.

A série, que deverá se chamar Tirano na Globo, se passa em Abbudin, um Iraque afundado pelas guerras. Sua trama gira em torno de Bassam “Barry” Al Fayeed (Rayner), filho caçula do ditador de Abbudin que decide voltar, junto com a mulher e os filhos, para sua terra-natal depois de 20 anos auto-exilado nos Estados Unidos. Nesse retorno, ele sofre um duro choque cultural, ao mesmo tempo em que precisa lidar com o turbulento cenário político do país.

Glee na Band

A Band deverá exibir Glee durante o dia, como já fez a Fox e a Globo, desde a primeira temporada de 2010. A emissora cortou cenas da série e se comprometeu com o Ministério da Justiça a exibi-la com conteúdo compatível com a classificação de 10 anos.

Já Carlos, o Chacal, é uma produção de 334 minutos sobre a vida do revolucionário venezuelano Ilich Ramírez Sánches, que fundou uma organização terrorista pró-Palestina nos anos 1970. Premiada, a minissérie chegou a ser apresentada em festivais de cinema.

A Band também adquiriu as séries Salem e Sleepy Hollow. A primeira trata do julgamento de bruxas em uma cidade americana no século 17. A segunda é uma adaptação do livro A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, de Washington Irving, trazida pelos dias atuais. Estreou em setembro do ano passado na Fox e terá segunda temporada.


COLABOROU IGOR VAINERAS


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?