Recap S09E09

Filha de Rick e adolescente estreante carregam Walking Dead em seu retorno

Imagens: Reprodução/AMC

A angelical Cailey Fleming com um revólver na mão no nono episódio da nona temporada de Walking Dead - Imagens: Reprodução/AMC

A angelical Cailey Fleming com um revólver na mão no nono episódio da nona temporada de Walking Dead

JOÃO DA PAZ - Publicado em 11/02/2019, às 01h21

[Atenção: Este texto contém spoilers]

Cercada de grande expectativa, a volta da nona temporada de Walking Dead apresentou um mix de sabores. Deixou um gosto ruim por não revelar a identidade da nova vilã; foi amarga na longa, lenta e tediosa jornada de arrependimento de Negan (Jeffrey Dean Morgan); e mostrou-se deliciosa por deixar que uma criança e uma adolescente novata roubassem a cena.

Tratada como a joia de Walking Dead depois da morte do xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln), sua filha, Judith (Cailey Fleming), é de fato uma preciosidade. Ela apareceu apenas duas vezes no episódio Adaptation, exibido neste domingo (10). Em ambas, suas falas foram curtas, mas certeiras e impactantes.

Todas as interações de Judith foram com Negan. No começo do capítulo, ela flagrou o vilão enquanto ele estava fugindo de Alexandria. Com um revólver na mão, a menina ordenou que Negan parasse e desistisse de seu plano. Mas, após uma conversa mole, o assassino sanguinário convenceu Judith. Só que antes ela fez uma promessa: "Se eu vir você novamente, eu atiro."

Negan deixou Alexandria com um norte em mente: voltar para o seu antigo lar, a fábrica abandonada onde por muito tempo liderou um grupo numeroso, os Salvadores. A jornada foi simbólica, porém demasiadamente arrastada. Tudo para mostrar ao público que Negan se redimiu.

Isso após ele passar pelo lugar onde matou Glenn (Steven Yeun) e Abraham (Michael Cudlitz) e se deparar com a fábrica abandonada, com alguns de seus antigos súditos transformados em zumbis. Ciente de que não havia nada para ele naquelas bandas, o vilão arrependido decidiu dar meia-volta, com destino a Alexandria.

Vestindo novamente uma jaqueta preta e pilotando uma moto, Negan encontrou quem ele mais temia. Mostrando ser boa de palavra e pontaria, Judith atirou em Negan, que levou um tombaço. Sem deixar de apontar a arma para Negan, a filha de Rick bateu outro papo com o algoz, querendo saber qual que era a dele, na real.

O outrora impiedoso vilão mostrou querer uma vida nova na comunidade que já foi comandada pelo pai da garotinha. Os dois, então, retornaram para o santuário.

A atriz Cassady McClincy (do filme Com Amor, Simon) estreou com tudo em The Walking Dead

Nova no pedaço
Duas aparições em Adaptation eram muito aguardadas pelos fãs: as entradas de Alpha e Lydia, integrantes dos Sussuradores, os novos vilões da trama. A intérprete de Lydia não deixou a desejar e mostrou logo a que veio. Contracenando com dois líderes de Walking Dead, Danai Gurira (a Michonne) e Norman Reedus (o Daryl), Cassady McClincy roubou a cena em cenas de tortura psicológica para lá de dramáticas, com desespero, gritos e choro, muito choro.

Ela foi capturada pela dupla por estar no meio de alguns zumbis. Os Sussurradores se camuflam de mortos-vivos como tática de ataque. Mantida em uma prisão e forçada a falar, Lydia mostrou-se inicialmente relutante. Cada vez mais pressionada pelos algozes, contudo, a adolescente abriu o bico e contou quem são os Sussurradores e como eles agem. Ela falou até de sua mãe. 

Nem os personagens de Walking Dead, nem o público sabem qual é a identidade da mãe de Lydia. Aqui vai uma informação para quem já leu a HQ na qual a série se baseia: Alpha é a líder dos novos vilões e mãe de Lydia. A primeira vilã mulher de Walking Dead é vivida por Samantha Morton, duas vezes indicada ao Oscar.

No fim do episódio, Alpha atacou Luke (Dan Fogler) e Alden (Callan McAuliffe). Os dois serão usados como moeda de troca para Alpha ir até a Colônia Hilltop, onde Lydia está, e usá-los para negociar o retorno da filha aos seus braços.

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook