TV no divã

Cinco motivos para assistir à nova temporada de Sessão de Terapia

Fotos Divulgação/GNT

O ator Zécarlos Machado, protagonista da série Sessão de Terapia, que retorna hoje ao GNT - Fotos Divulgação/GNT

O ator Zécarlos Machado, protagonista da série Sessão de Terapia, que retorna hoje ao GNT

DANIEL CASTRO - Publicado em 03/08/2014, às 15h32 - Atualizado em 04/08/2014, às 06h02

O canal pago GNT estreia nesta segunda (4), às 22h30, a terceira temporada da série Sessão de Terapia. Uma das melhores séries produzidas no Brasil, Sessão de Terapia é a versão brasileira de Be'Tipul, original israelense adaptado em vários países, incluindo Estados Unidos (In Treatment, HBO). Nesta terceira temporada, a série tem personagens e tramas 100% originais e brasileiros _nas duas primeiras, eram adaptações do original.

Letícia Sabatella e Camila Pitanga são as principais novidades. A primeira interpreta uma paciente do terapeuta Theo Ceccato (Zécarlos Machado). A segunda compõe um grupo de psicólogos que se reúne às sextas. Escrita por Jaqueline Vargas e dirigida por Selton Mello, a nova temporada terá 35 episódios, que continuam exibidos de segunda a sexta. Uma quarta safra já está praticamente confirmada, mas pode ser que só seja transmitida em 2016.

O Notícias da TV assistiu aos cinco primeiros episódios da nova Sessão de Terapia. E encontrou cinco bons motivos para você ver a série [Atenção: se você quer se surpreender já na primeira semana, então não leia o texto que segue]:

Letícia Sabatella em gravação de Sessão de Terapia; ela aparece nos episódios de segunda-feira

1. Letícia Sabatella interpreta mulher ciumenta

Letícia Sabatella inaugura a nova temporada. Sua personagem, Bianca Cadore, é a paciente de Theo Ceccato às segundas-feiras. Bianca é uma mulher bonita, que cresceu vendo óperas e lendo literatura italiana. Mas se apaixonou por um mecânico "encantador". Logo no início do episódio, o telespectador percebe uma marca de agressão em seu braço. Ela vive uma crise em seu casamento: morre de ciúme do marido, que vive cercado de mulheres em sua oficina _e uma delas teve a cara de pau de tentar seduzir o homem com flores. O primeiro episódio não entrega muito, mas a história promete e Letícia está em ótima atuação.

Ravel Andrade na pele de adolescente alcoólatra; aposta do GNT, ator já está na novela Império

2. Filho de Theo enfrenta problemas com drogas

Theo começa a nova temporada encerrando um período de alguns meses de férias. Nas primeiras imagens, ele está voltando de uma viagem de barco. Seu filho, Felipe, Johnnas Oliva, aparece pedindo dinheiro. Diz que é para consertar o carro, mas na verdade é para pagar dívidas com traficantes. Coincidentemente, um dos novos pacientes de Theo, Diego (Ravel Andrade), é um adolescente de 16 anos com problemas com alcoolismo. O garoto, aparentemente, sofre rejeição do pai ausente. Órfão de mãe, Diego foi criado pela governanta. Os dois personagens (Diego e Felipe) trazem um drama muito comum nos dias atuais.

Rafael Lozano em Sessão de Terapia; ele interpreta um jovem sufocado pela mãe controladora

3. Gay ambicioso não sabe se sai do armário

Felipe (Rafael Lozano) chega ao consultório de Theo dizendo que é ator. Mas logo se desmente: é engenheiro civil. O pai, diz, é um ex-playboy que faz bronzeamento artificial e desfila de Lamborghini. A mãe é neurótica: descobre que Felipe está no consultório, telefona e manda flores. "Minha mãe vê tudo como investimento, até minhas relações", reclama o rapaz elegante. Ele revela, então, que tem uma namorada pobre há três anos, mas que a mãe quer que ele se case com a namorada rica. Felipe encerra um interessante jogo de encenação revelando que, na verdade, é gay, mas, ambicioso, teme sair do armário e perder o emprego, a agenda profissional e a herança.

Camila Pitanga é Rita, uma terapeuta que participa de um grupo de supervisão de psicólogos

4. Theo agora tem três terapeutas

Theo aceita o convite de Evandro (Fernando Eiras) e passa a integrar um grupo de discussão com os também psicólogos Rita (Camila Pitanga) e Guilherme (Celso Frateschi). Pelo menos nos primeiros episódios, eles fazem o papel de supervisão até então realizado por Dora (Selma Egrei, que continua no elenco). O protagonista revela ao grupo que está em dúvida se continua o tratamento com o adolescente alcoólatra, porque enxerga no caso semelhança com o drama que vive com o próprio filho.

Selton Mello orienta Leticia Sabatella em intervalo de gravação de Sessão de Terapia

5. Série consegue cativar mesmo sem ação

Sessão de Terapia é uma série que construída no roteiro e na interpretação. Tem poucas externas. Quase tudo se passa em um consultório, entre duas pessoas conversando, sentados em sofás. Mas mesmo assim é tensa, tem um arco dramático que prende o telespectador. Nessa terceira temporada, a roteirista Jaqueline Vargas mostra muito talento em episódios como o da estreia do personagem gay, Felipe. E a direção de Selton Mello tira o que os atores têm de melhor _até mesmo dos iniciantes (preste atenção em Ravel Andrade, que faz o garoto alcoólatra).


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está gostando de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook