Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Dios Inc.

Canal HBO grava no México drama sobre seita religiosa destruidora

Divulgação

O ator mexicano Rafael Sánchez-Navarro, que interpretará o protagonista de Dios Inc., série da HBO - Divulgação

O ator mexicano Rafael Sánchez-Navarro, que interpretará o protagonista de Dios Inc., série da HBO

REDAÇÃO

Publicado em 10/7/2014 - 19h25

O canal pago HBO iniciou as gravações da série Dios Inc., que deve estrear em 2015 no Brasil e em toda a América Latina. O drama, escrito e dirigido pelo cineasta Sergio Sánchez Suárez, gira em torno de Salvador, um filósofo que se vê envolvido em um perigoso conflito entre idealismo e poder.

Interpretado pelo veterano ator de novelas Rafael Sánchez-Navarro, Salvador é um filósofo que está prestes a lançar um livro com os seus ideais, que ele acredita poderem melhorar o mundo. Porém, um grupo chamado Os Filhos de Indra, liderado pelo ganancioso Askar Hyrum (Carlos Torres Torrija), rouba o livro e deturpa suas palavras, transformando-o na base de uma seita religiosa destrutiva.

Salvador, então, tem que lutar para reverter o estrago antes que a seita se espalhe e Askar consiga o poder que tanto almeja. Para isso, ele contará com a ajuda de Dante (Luis Arrieta), neto de seu antigo mentor, e um rapaz que se tornará seu maior parceiro.

Produzida pela HBO em parceria com a Ítaca Films, Dios Inc. não é a primeira série mexicana exclusiva da HBO. De 2008 a 2010, foi ao ar o thriller Capadócia, susprense que narra os dilemas de presidiárias numa perigosa prisão da Cidade do México. E, em 2013, a HBO exibiu a primeira temporada de Sr. Ávila, cuja continuação começou a ser gravada no primeiro semestre deste ano.


​​► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

TUDO SOBRE

HBO

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.