Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

EM JULHO

Assassinato que chocou o Brasil é tema de Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Elize Matsunaga de vestido preto olhando levemente para o alto com fundo desfocado de uma floresta em cena de Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime

Elize Matsunaga em cena da série documental; ré confessa atirou no marido e esquartejou o corpo

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/6/2021 - 11h50

Um assassinato que chocou o Brasil é contado em Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime. A série documental é baseada em depoimentos dados pela criminosa que esquartejou o então marido, Marcos Matsunaga (1970-2012), após a condenação de nove anos de prisão. A Netflix apresentou o trailer da produção nesta terça-feira (15), e o material completo será disponibilizado no acervo do streaming em 8 de julho.

O crime ocorreu em 20 de maio de 2012. O então diretor-executivo da Yoki foi morto com um tiro na cabeça dado pela mulher no apartamento do casal. Ela cortou o corpo do companheiro em seis partes e dividiu os pedaços em três malas dentro de sacos plástico. As maletas foram localizadas em uma rodovia em Cotia, em São Paulo.

No vídeo de divulgação do projeto, Elize diz não saber explicar os reais motivos que a levaram a cometer o ato. "O Marcos era muito carinhoso e eu gostava verdadeiramente de estar ao lado dele. Eu ainda não sei dizer que tipo de emoção que fez eu apertar aquele gatilho", comenta ela.

Além de entrevistas com Elize, a série reúne depoimentos de familiares e colegas e especialistas que acompanharam as investigações, casos de jornalistas, advogados de defesa e acusação e peritos criminais. O objetivo é tentar chegar a uma conclusão sobre o crime bárbaro, com teorias sobre ciúme e busca por dinheiro de seguro.

Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime foi produzido pela Boutique Filmes para a Netflix. A temporada conta com quatro episódios, cada um com duração de cerca de 50 minutos.

A direção é assinada por Eliza Capai (Espero Tua (Re)volta). "Senti uma responsabilidade moral muito grande em dirigir essa série. Não só pela família do Marcos e pelos amigos que sofreram com essa tragédia, mas também pela família da Elize, pessoas que não sabiam de nada daquilo, mas que também sofrem as consequências até hoje", diz em material de divulgação.

Veja o trailer da produção:


Leia também

Web Stories

+
Nos Tempos do Imperador: Conheça os personagens da nova novela da GloboMeghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?