O VIZINHO

Após acabar com séries da Marvel, Netflix terá novo super-herói espanhol

Reprodução/Astiberri

Quadrinhos de El Vecino mostram a tentativa de Javier de se transformar em um super-herói - Reprodução/Astiberri

Quadrinhos de El Vecino mostram a tentativa de Javier de se transformar em um super-herói

REDAÇÃO - Publicado em 06/02/2019, às 12h31

A Netflix já cancelou três de suas cinco séries baseadas nos quadrinhos da Marvel (Demolidor, Luke Cage e Punho de Ferro), mas não desistiu do universo dos super-heróis. A plataforma anunciou nesta quarta-feira (6) que vai produzir El Vecino (O Vizinho), atração espanhola que adaptará para o serviço de streaming as HQs de Santiago García e Pepo Pérez.

Publicada desde 2004, a história gira em torno de Javier, um homem comum que ganha a vida vendendo camisetas com frases motivacionais. Tudo muda quando um alienígena literalmente cai em cima dele e, prestes a morrer, passa para ele todos os seus superpoderes.

Virar um herói, porém, não é tarefa fácil, especialmente quando você precisa conciliar as tentativas de salvar o mundo com problemas cotidianos, como perder o emprego ou sua namorada pedir um tempo no romance.

Para ajudar Javier nessa empreitada, surge José Ramón, o vizinho tímido que descobre que ao seu lado mora um super-herói e decide se enfiar na jornada dele, dando dicas de como usar os poderes para o bem e a manter sua identidade secreta, principalmente depois que sua namorada começa a investigar o herói Titan.

Ao contrário das atrações da Marvel, El Vecino tem uma pegada engraçada. "A série, como a HQ, é uma comédia de situação com um personagem caótico que é muito normal, exceto pelo fato de ser um super-herói", explicou Pepo Pérez ao jornal Sur.

Segundo Pérez, as filmagens começam em março, e a estreia está prevista para o ano que vem. Ele, no entanto, não está envolvido diretamente na produção. "Preferi ficar de fora, porque [TV e quadrinhos] são linguagens muito diferentes e estou certo de que sofreria bastante", contou ele, que conversou com o diretor Nacho Vigalondo para se certificar de que o espírito surreal da HQ se manteria na série.

"O Nacho é um amigo, Santiago e eu o conhecemos há anos. Ele conhece bem e gosta muito dos quadrinhos de El Vecino. Também entende muito bem o conceito. Quando soubemos que ele foi o diretor escolhido, ficamos muito felizes."

A produção ficará a cargo da Zeta Audiovisual, que já fez o fenômeno Elite para a Netflix. Para o elenco, foram anunciados os nomes de Quim Gutiérrez (de Azul Escuro Quase Preto), Clara Lago (de Sou Louco por Você), Adrian Pino (de BigBanc) e Catalina Sopelana (de Quién te Cantará).

"A série tem uma equipee criativa invejável e, na verdade, tudo o que vimos até agora é estupendo. A Netflix confiou na equipe da Zeta para dar cada passo por conta própria e isso permitiu que a série se desenrolasse em poucos meses", elogiou Peréz ao jornal espanhol.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que reality show você pretende assistir agora?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook