Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Tupac vs The Notorious B.I.G.

Após 20 anos, maior briga da história do hip-hop ganha série e documentários

Reprodução

Os rappers Tupac (à esq.) e The Notorious B.I.G.; morte de lendas da música é destaque na TV - Reprodução

Os rappers Tupac (à esq.) e The Notorious B.I.G.; morte de lendas da música é destaque na TV

JOÃO DA PAZ

Publicado em 26/8/2017 - 6h56

O capítulo mais trágico da história do hip-hop completa 20 anos, e as TVs dos Estados Unidos estão aproveitando a "efeméride" para tentar desvendar dois crimes que abalaram o mundo da música. As mortes dos rappers e rivais Tupac Shakur e The Notorious B.I.G. serão tema de quatro atrações, produzidas pela rede Fox e pelos canais A&E e USA Network.

Ontem (25), a Fox anunciou o especial Who Shot Biggie & Tupac? (Quem Atirou em Biggie e Tupac?), uma reportagem investigativa de duas horas que explorará os assassinatos sem solução de ambos os artistas. A atração vai ao ar nos Estados Unidos em 24 de setembro e terá apresentação de Ice-T, lenda do rap e também protagonista de Law & Order: SVU.

A Fox promete revelar novos detalhes das investigações dos dois casos, após ouvir detetives particulares, policiais, informantes e profissionais da indústria do hip-hop. Também será divulgado um áudio inédito de Biggie falando sobre a morte de Tupac.

Tupac foi alvejado quatro vezes em 7 de setembro de 1996, em Las Vegas, após sair de uma luta de Mike Tyson. Ele morreu seis dias depois. Biggie também levou quatro tiros, em 9 de março de 1997, em Los Angeles. Até hoje, não se sabe quem foram os assassinos.

Docs e série
Três semanas antes do especial da Fox, o canal A&E reviverá sua bandeira mais conhecida. O programa Biografia voltará à programação com o documentário Biggie: The Life of Notorious B.I.G. (Biggie: A Vida de Notorious B.I.G.). Será o primeiro projeto biográfico do rapper autorizado pela família, com depoimentos da sua ex-mulher, Faith Evans, e de sua mãe, Voletta Wallace.

Ainda neste ano, o A&E exibirá Who Killed Tupac? (Quem Matou Tupac?), uma série documental dividida em seis partes. Além de relembrar o assassinato e a investigação da época, a produção fará um paralelo com a tensão racial e a injustiça social nos Estados Unidos de hoje. Como destaque, terá uma entrevista com Mopreme, o irmão mais velho de Tupac.

divulgação/usa network

Os atores Wavvy Jonez (à esq.) e Marcc Rose, os rappers Notorious B.I.G. e Tupac da ficção

No primeiro bimestre de 2018, o canal USA Network (o mesmo de Mr. Robot) lançará a série Unsolved: The Murders of Tupac and the Notorious B.I.G. (Não Resolvido: Os Assassinatos de Tupac e Notorious B.I.G.). A atração terá como base um livro de um ex-detetive da polícia de Los Angeles que trabalhou nos casos das mortes dos rappers.

Notorious será interpretado pelo estreante Wavvy Jonez, e Tupac ganhará vida por Marcc Rose. Também estarão na produção os atores Jimmi Simpson (Westworld), Bokeem Woodbine (Fargo) e Josh Duhamel (franquia Transformers).

Rivalidade fatal
Tupac e Notoroius B.I.G. eram os dois principais nomes do rap em meados dos anos 1990. Um representava Los Angeles (Tupac), Costa Oeste dos Estados Unidos, e outro Nova York (B.I.G.), Costa Leste.

Em 1994, teve início uma briga entre os dois extremos do país após Tupac ser baleado cinco vezes dentro de um estúdio de gravação. Ele acreditou que Biggie sabia do ataque e não o avisou.

A partir de então, acusações foram trocadas em rimas. No ano seguinte, B.I.G. lançou a música Who Shot Ya? (Quem Atirou em Você?), cujos versos parecem ser uma zombaria com o atentado sofrido pelo rival. Não há menção direta ao rapper californiano, mas há diversas mensagens indiretas, como "Você morrerá com calma" e "Quem atirou em você? [É pra] separar o fraco do obsoleto". 

Na época de lançamento dessa música, Tupac estava preso. Em 1996, ele foi solto e logo lançou Hit 'Em Up (Atira Neles), um contra-ataque a Biggie e todos os rappers de Nova York, sem receio de citar nomes. Cinco meses depois, Tupac foi assassinado.

Uma onda de violência tomou conta do rap, e a animosidade entre ambos os lados só crescia. A morte de Biggie foi o ponto de partida para acabar com essa rixa.

Tupac morreu com 25 anos; Notorious tinha 24.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?