Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Capítulos de 9 a 13/11

Os Dez Mandamentos: Ramsés manda matar Moisés, mas exército morre afogado

Reprodução/Record

Ramsés (Sérgio Marone) perderá todo o exército egípcio em Os Dez Mandamentos - Reprodução/Record

Ramsés (Sérgio Marone) perderá todo o exército egípcio em Os Dez Mandamentos

REDAÇÃO

Publicado em 8/11/2015 - 6h05

RESUMO: Vingativa, Nefertari (Camila Rodrigues) convencerá Ramsés (Sérgio Marone) a matar Moisés (Guilherme Winter). O faraó organizará seu exército e partirá em busca do libertador, que abrirá o Mar Vermelho para a passagem do seu povo. No entanto, os homens de Ramsés morrerão afogados quando as águas se fecharem, e o faraó voltará derrotado para o Egito

Segunda, 9/11 (Capítulo 166)

Ramsés concorda com a ideia de matar Moisés. Um oficial avisa o rei que Jahi retornou ao Egito. Jahi se espanta ao saber que Radina fugiu com os hebreus. Meketre confirma para Ahmós que realmente é pai biológico de Bak. Bakenmut e Jahi aprovam a decisão de Ramsés reunir o exército para ir atrás dos escravos. Paser fica surpreso com o desejo de vingança revelado por Nefertari. Paser diz para Ramsés que Deus já mostrou do que é capaz e alerta ser perigoso afrontar os hebreus. Moisés aconselha Arão a terem atenção com saqueadores e povos hostis que possam se aproximar. Apuki confessa para Jairo que se arrependeu de deixar o Egito. Karoma sofre ao saber que Ikeni terá que perseguir os hebreus. Alguns dias se passam e Ramsés comunica que o exército irá partir. Paser ora para que Deus proteja a vida de Simut. Nefertari se anima com a partida de Ramsés para encontrar Moisés. Karoma conforta Pepy dizendo que Ikeni não morrerá. Ramsés e o exército avançam pelo deserto.

Terça, 10/11 (Capítulo 167)

Os hebreus se apavoram com a aproximação dos soldados egípcios. Paser discute com Nefertari e passa mal. A rainha se assusta ao ver o pai desmaiado. Datã, Corá e Abirão reclamam da situação e culpam Moisés. Karoma e Nefertari tentam socorrer Paser. Afastado dos outros hebreus, Moisés conversa com Deus. O Senhor ordena que o povo continue marchando. Ramsés avista o acampamento dos escravos. O pânico toma o acampamento dos hebreus. De repente, de forma inesperada surge uma figura angelical no céu que se funde à coluna de nuvem. O povo fica maravilhado com o que vê. Forma-se uma nuvem de fogo e o tempo escurece. Uma bola de fogo cai sobre o carro de Ramsés. Soldados se apavoram. Ramsés fica irado diante da coluna que lhe barra o caminho. Nefertari chora desesperada com o estado de saúde de Paser. Moisés tem novo encontro com Deus. Começa uma forte ventania. Paser morre nos braços de Nefertari. Moisés ergue o cajado em direção ao Mar Vermelho. O vento começa a soprar cada vez mais forte. O mar começa a se abrir. Ramsés se impressiona com o que vê. Do alto de um rochedo, Moisés grita mandando o povo marchar para a fenda aberta no meio do mar. Desesperado, Ramsés manda o soldado avançar, mas são impedidos pela coluna de nuvem e fogo. Os últimos hebreus terminam de passar pelo solo seco. Os egípcios começam a passar entre as paredes de água com seus carros e cavalos. Moisés é o último hebreu a atravessar. Os soldados egípcios seguem na perseguição em meio às paredes de água. 

Quarta, 11/11 (Capítulo 168)

Moisés ouve a instrução de Deus e estende a mão sobre o mar, fazendo as paredes de água se desfazerem. Bakenmut, Ikeni e Jahi morrem afogados. Derrotado, Ramsés chora com ódio de Moisés. Karoma consola Nefertari, que sofre com a morte de Paser. Tutmósis inicia a cerimônia de embalsamamento de Paser. Arão diz que os hebreus estão livres da opressão do Egito, mas tem a sensação de que a jornada está apenas começando. Simut, Radina, Chibale e Gahiji lamentam que Ikeni e Jahi tenham morrido tragicamente. Nefertari lê um papiro que ganhou de Paser e chora. Ahmós se impressiona ao ver Ramsés retornando da batalha sozinho e arruinado. Ramsés avisa Nefertari que perdeu a guerra e todos os soldados morreram, deixando-a espantada. Karoma descobre que Ikeni morreu e se desespera. Apuki reclama com Moisés da falta de água. Os hebreus caminham exaustos pelo deserto até que Moisés avista um oásis. Corá, Apuki e Jairo são os primeiros a chegar até o lago, experimentam a água e reclamam do gosto e começam a cobrar Moisés. Arão diz que Deus não os tirou do Egito para morrerem de sede no deserto e pede para terem fé. Karoma decide deixar o palácio e se despede de Nefertari. Diante do lago, Moisés pede ajuda a Deus.

Quinta, 12/11 (Capítulo 169)

A água se torna limpa e potável. Moisés diz que se todos ouvirem atentos aos ensinamentos do Senhor, nenhuma enfermidade virá sobre eles. Dois meses se passam e os hebreus seguem caminhando pelo deserto. Arão percebe que Apuki só dá ordens nos hebreus e diz que ele precisa trabalhar também. As mulheres ajudam os maridos a construir as tendas. Moisés e Oséias observam o acampamento sendo montado felizes. Hebreus reclamam de fome e Moisés pede ajuda a Deus, que envia codornas para que eles comam. Ana diz a Oseias que Apuki não quer que eles fiquem juntos e o hebreu pede calma à amada. Apuki vê Ana conversando com Oseias e vai tirar satisfação. Moisés diz a Joquebede que sente pelos hebreus que ainda não acreditam no poder de Deus. Amanhece no deserto e ao acordar, os hebreus ficam maravilhados com mais um milagre.

Sexta, 13/11 (Capítulo 170)

Hebreus comem o pão que Deus fez cair do céu, mas Apuki reclama. Moisés avisa que Deus dará porções diárias de alimento. O libertador alerta que os hebreus não precisam reservar comida para o dia seguinte. Bina desobedece e sai para garantir mais pão. Safira não gosta da atitude da irmã. Ana e Oseias se encontram às escondidas. O dia amanhece e um forte grito é ouvido na tenda de Corá. Bina se assusta ao ver o pão tomado por vermes. Safira alerta a irmã e diz que faltou fé. Bina se sente envergonhada. Hebreus se fartam com o maná oferecido por Deus. Moisés continua escrevendo o Livro de Êxodos. O povo é guiado pela coluna de nuvem no céu. Os amalequitas Amir e Zuri contam ao rei Amaleque sobre a presença dos hebreus no deserto. O líder diz que atacará o povo de Moisés em breve. Fortemente armados, os amalequitas seguem em direção ao acampamento. Deborah avisa a Bezalel que Abigail está passando mal. O grupo de hebreus liderado por Moises se aproxima do monte Horebe. Moisés fala com Deus e, milagrosamente, sai água da rocha. Os soldados amalequitas chegam ao acampamento. Apuki tenta proteger Ana. Amir ordena que os soldados levem tudo. Eliseba é atingida pela espada de um oficial. Nadabe, Abiú e Itamar avistam a cena de longe e se desesperam. Joquebede e Miriã correm para tentar salvar a mulher de Arão.


Capítulos fornecidos pelas emissoras; sujeitos a alteração sem aviso prévio


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de Os Dez Mandamentos


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas