Cúmplices de um Resgate

Nova novela do SBT trará confronto entre católica e evangélica

Artur Igrecias/SBT

A autora Iris Abravanel em apresentação de Cúmplices de um Resgate à imprensa, nesta quarta (22) - Artur Igrecias/SBT

A autora Iris Abravanel em apresentação de Cúmplices de um Resgate à imprensa, nesta quarta (22)

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 22/07/2015, às 12h46

Cúmplices de um Resgate, novela que estreia no SBT no próximo dia 3, vai promover um enfrentamento religioso para combater a intolerância. A trama terá uma católica fervorosa e outra protestante que são rivais. "Vamos pelo lado cômico, mas pregando que o amor ao próximo tem de prevalecer. Independentemente da crença, o respeito precisa ser maior", diz Iris Abravanel, autora da adaptação do folhetim, evangélica casada com um judeu (Silvio Santos).

Durante o lançamento da trama para a imprensa, na manhã de hoje (22), Iris e o diretor da trama, Reynaldo Boury, comentaram a decisão da Justiça de suspender a participação de crianças na apresentação do Bom Dia & Cia.

"Foi lamentável a saída das crianças. A Silvia [Abravanel] ficou assustada de ter de encarar o desafio de apresentar o programa, mas nossa família está preparada para isso e o que vier", discursou Iris.

Boury afirmou que esse problema não acontecerá com nenhum ator mirim do elenco de Cúmplices de um Resgate porque eles têm um alvará que permite o trabalho das crianças.

A trama terá 250 capítulos e pode aumentar um pouco, mas não como Chiquititas que terminará com 545 capítulos. "Essa história é mais fechada", adianta o diretor.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

 

 

Enquete

O que você achou do vaivém de Datena na Band?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook