Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Vivendo a vida

'Minha Helena foi um fracasso; depois, eu virei outra atriz', diz Taís Araujo

João Miguel Jr./TV Globo

A atriz Taís Araujo será a dançarina e empresária Michele na série Mister Brau, da Globo - João Miguel Jr./TV Globo

A atriz Taís Araujo será a dançarina e empresária Michele na série Mister Brau, da Globo

MÁRCIA PEREIRA, enviada ao Rio de Janeiro

Publicado em 15/9/2015 - 12h37

Taís Araujo vai rebolar e pirar muito na pele de sua nova personagem, a dançarina Michele da série Mister Brau, que estreia terça-feira que vem (22) no lugar de Tapas & Beijos, na Globo. Ela afirma que não se arrepende de nada do que fez nos seus 20 anos de carreira. Porém, revela que fazer a Helena da novela Viver a Vida, de Manoel Carlos, em 2009, foi um grande erro. "Minha Helena foi um fracasso e, depois dela, eu virei outra atriz", admite Taís.

Aos 36 anos, a atriz conta que perceber que aquele tipo de papel não é adequado para seu perfil foi determinante para sua vida. "Comecei a entender que protagonista não é necessariamente é um bom personagem. Tem tantos personagens que são muito mais ricos e que te proporcionam desafios maiores. A Helena foi importante para isso. Para eu saber que tipo de atriz eu quero ser, que tipo de papel eu posso fazer", afirma a mulher de Lázaro Ramos.

Taís revela que ser protagonista "enche os olhos", mas o que um ator precisa é diversificar, fazer bons textos e ser desafiado. Em Mister Brau, por exemplo, ela partiu para a comédia. E constata que a experiência está trazendo aprendizado e sendo muito prazerosa.

"É difícil para caramba, mas a minha profissão tem o tempo a nosso favor. Se você se dedicar, se você se empenhar, você aprende. Tem muitos atores que começam verdes, vão amadurecendo e constroem carreiras tão bonitas", comenta Taís.

Taís Araujo, como Helena, contracena com José Mayer (Marcos) de Viver a Vida (Divulgação)

Ao mesmo tempo em que reconhece que a sua Helena foi um fiasco, a atriz considera a protagonista Preta, de Da Cor do Pecado (2004), um grande acerto. "Foi no tempo certo. Foi importante ter saído da [extinta] Manchete e ter esperado um tempão para encarar essa protagonista, que foi um trabalho superbonito. A Preta foi um sucesso."

Em sua nova empreitada, Taís atua ao lado do marido, Lázaro Ramos. Na ficção, ele é um popstar brasileiro excêntrico, Brau, que valoriza suas origens suburbanas. Ele compra a maior mansão de um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e começa a sofrer com o preconceito dos vizinhos endinheirados, por ser popular e festeiro. 

Sua personagem, Michele, é mulher, dançarina e empresária de Brau. Ela fala o que quer e não aceita ser traída. "Ela dá o troco", diz a atriz, que não quer que os personagens sejam rotulados de Beyoncé e Jay-Z brasileiros, mas confirma que em muitos momentos Brau e Michele têm uma vida como a do casal de astros internacionais. "Brau e Michele são muito ricos. Eles ganham R$ 14 milhões por mês, é muito dinheiro. Não sei nem escrever isso", brinca.

A primeira temporada da série terá 13 episódios, e uma segunda já está confirmada, com 18 capítulos.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter@danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas