Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Novela das nove

Luiza Brunet volta a Velho Chico para ‘curar’ o coronel Afrânio

Reprodução/TV Globo

Personagem de Luiza Brunet (Madá) faz participação hoje (7) em Velho Chico, da Globo - Reprodução/TV Globo

Personagem de Luiza Brunet (Madá) faz participação hoje (7) em Velho Chico, da Globo

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 7/7/2016 - 13h10

Luiza Brunet volta a colocar a peruca loira e a maquiagem pesada que a deixou irreconhecível em Velho Chico. Depois de uma aparição morena na festa de São João, a cafetina Madá tirará Afrânio (Antonio Fagundes) da tristeza em que ele mergulhará após ser abandonado pelo neto. O coronel entrará em depressão ao constatar que não tem um herdeiro para ser seu sucessor nos negócios. Na boate, ela o alegrará com bebidas e conselhos, fazendo-o mudar de ideia e optar por preparar Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) para assumir seu lugar.

Antes dessa cena, no ar hoje (7), o público verá o coronel ter uma briga feia com Miguel (Gabriel Leone), que passou a morar na fazenda de Santo (Domingos Montagner) após descobrir que o agricultor é seu pai. Sentindo-se humilhado, o coronel arrastará o genro para o prostíbulo. Mas, lá, ficará quieto em um canto remoendo o que o neto lhe disse.

Madá afirmará que nunca viu "painho" assim, e o deputado contará a ela tudo o que aconteceu. A cafetina correrá para o lado dele e oferecerá suas meninas para acabar com o baixo astral. Afrânio não vai querer nem aceitar bebida, mas Madá insistirá. "Que é isso, Afrânio? Cadê aquele Saruê que botava fogo nessa casa e em minhas meninas? Se ele não voltar, como vai ser? Sem Saruê, a alegria se vai e essa casa fecha! Conta pra sua Madá aqui o que lhe aconteceu", dirá ela.

renato rocha miranda/tv globo

Luiza Brunet (Madá) sem a peruca loira na festa de São João, exibida no último dia 25 

Madá fará carinhos até o coronel desabafar. "Depois de tanta luta, é duro chegá na minha idade, olhá pra tráis e se perguntá: pra quê? Dentro de casa isso não é nada! É vergonha! Lá eu sou o errado, o torto, o bruto, o que num deu certo nem pra morrê! Minha filha não se dá comigo, meu filho me odeia e até meu neto me despreza. Se eu falasse a painho metade do que ele me disse, eu não tava mais aqui agora", vai disparar o Saruê.

Sem sangue

Madá revelará que ela passa pelo mesmo problema. "Família não é só sangue! São também os amigos, os companheiros, os aliados! Às vezes, até mais aqueles que nos ajudam a construir do que quem herda tudo no papel. Família é quem nos respeita e fica do nosso lado. Os outros são família, mas é de cartório, de papel passado! É família de herança, quando a gente morre", comentará a cafetina. 

Afrânio estranhará Madá falar assim, mas concordará com seu jeito de pensar. "Quando eu morrê vai estar assim de parente querendo o que amealhei na vida com meu trabalho. Mas agora sou a quenga, dona de bordel, vadia, não me convidam nem me aceitam pra tomar um café", relatará ela, que completará. "Se puderem me negar um copo d’água, me negam! Mas quando eu me for, meu dinheiro não vão negar! Esses são meus parentes, mas não vão rir quando eu me for, não, que já tomei minhas providências! Já fiz meu testamento e o que é meu vai pras meninas que me ajudaram a construir essa casa. Elas são minha família."

Ela aconselhará o coronel a fazer o mesmo, e Afrânio sairá de lá menos atormentado com suas "dores". Ele parará na encruzilhada em que decidiu seu destino nos primeiros capítulos da trama e sairá de lá disposto a dar um novo rumo ao futuro dos Saruês. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de Velho Chico


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Dez anos após o fim de Smallville, veja como está o elenco da sérieDe cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileiras

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?