Mais vilão

Império: Enrico enforca cozinheiro gay após assédio em banheiro

Reprodução/TV Globo

Joaquim Lopes, que interpreta Enrico, em cena; personagem vira vilão da vez em Império - Reprodução/TV Globo

Joaquim Lopes, que interpreta Enrico, em cena; personagem vira vilão da vez em Império

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 05/01/2015, às 23h51

Enrico, o personagem de Joaquim Lopes em Império, roubará a cena e assumirá o posto de vilão da novela das nove da Globo nos próximos capítulos. O homofóbico vai enforcar Felipe (Laércio Fonseca) após o comparsa puxar sua toalha no vestiário do hotel em que ele mora. O cozinheiro gay vai assediar o ex-patrão e falará para Enrico “abrir sua cabeça para novas experiências”. O chef só não matará o homossexual porque um hóspede entrará no banheiro e verá Felipe se debatendo.

Antes disso, o mau-caráter vai cometer outras vilanias, que incluem trair seu pai, Cláudio (José Mayer), entregando-o para seu principal inimigo, Téo Pereira (Paulo Betti). Enrico ligará para o blogueiro para avisar que o cerimonialista foi preso, acusado de assédio sexual. O ex-noivo de Maria Clara (Andreia Horta) também vai sabotar a festa de bodas de prata de Magnólia (Zezé Polessa) e Severo (Tato Gabus Mendes), que acontecerá no seu antigo restaurante, agora sob o comando de Vicente (Rafael Cardoso). Ele promoverá uma invasão de mendigos na comemoração.

Após essas duas armações, Cláudio vai procurar o filho para mostrar que fez uma gravação de Felipe confessando que colocou camarão estragado no freezer do restaurante a mando de Enrico. Os dois discutirão e quase partirão para a agressão. Enrico será empurrado pelo pai. Mesmo caído no chão e prestes a receber um soco, ele prometerá reagir. Vai “jurar se vingar do pai”.

Joaquim Lopes e José Mayer em cena da novela: pai e filho vão brigar feio mais uma vez

Vilanias

A sequência de maldades de Enrico começa a ser exibida no dia 12, quando ele distribui convites da festa de Magnólia para mendigos. Os funcionários do restaurante Vicente não poderão expulsar os moradores de rua porque eles terão convites verdadeiros da comemoração.

Já no capítulo do dia 14, Cláudio vai ser atacado por Felipe em um bar gay e eles vão ser presos. O cozinheiro acusará o cerimonialista de assédio sexual. Avisado por Felipe, Enrico passará a "bomba" para Téo publicar em seu blog, só que Magnólia estará no apartamento do jornalista e correrá para delegacia para “salvar” Cláudio.

Para ganhar a gratidão do marido de Beatriz (Suzy Rêgo), Magnólia dará um depoimento acusando Felipe de ser mentiroso e de tê-la assediado. “Passou a mão no meu decote, disse que eu tinha, tinha não, tenho uns seios lindos! Pena que botei o vestido para lavar e já tomei banho. Senão dava até pra colher as digitais dele nos meus peitos”, dirá a mãe de Isis (Marina Ruy Barbosa), que será chamada de louca por Felipe e continuará:

“Retomando... Aí, contei tudo para o Cláudio, dono do restaurante onde esse infeliz trabalha e que fez o bufê da minha festa! Cláudio ficou indignado, prometeu tomar providências e marcou encontro para o dia seguinte com esse atrevido para dar um esbregue nele. Eu estava do lado na hora quando o Cláudio ligou, chamando esse tarado para ir no bar”, vai declarar Magnólia, que assim conseguirá seus “15 minutos de fama” como a salvadora de Cláudio. Ela será vista como uma nova socialite.

Depois disso, Cláudio vai demitir Felipe por justa causa. O cerimonialista até fará uma reunião com os funcionários avisando que Enrico está disposto a tudo para fechar o restaurante.

Tentativa de assassinato

Na mesma semana, no capítulo do dia 17, será a vez de Felipe se tornar vítima de Enrico. O chef estará nu e de costas no chuveiro do vestiário do hotel em que vive quando será abordado pelo aliado. “Que ousadia é essa? Vaza daqui...”, dirá Enrico, enrolando-se em uma toalha todo ensaboado.

Felipe vai cobrar as promessas do ex-chefe e reclamará de ter sido demitido por Cláudio por tê-lo ajudado. “Deve, sim... No mínimo, me deve um emprego. E vai ter que me ajudar a encontrar outro! Sem falar que fui até fichado na polícia... Se não pode me dar o que eu quero e se vai colocar novas condições no nosso acordo, posso muito bem colocar condições também”, falará Felipe, puxando a toalha do homofóbico.

“É isso aí. Se quer que eu perdoe sua dívida comigo, abre sua cabeça para novas experiências... Ou eu saio daqui e vou direto pra casa do seu pai, me oferecer para ser testemunha dele e do Vicente contra você”, ameaçará o cozinheiro. Enrico o agarrará pela garganta, furioso, e começará a asfixiar Felipe debaixo do chuveiro até que um hóspede estrangeiro vai entrar no banheiro e perguntará o que está acontecendo.

Felipe irá embora prometendo dar o troco em seu novo inimigo.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Tudo sobre

Império Joaquim Lopes

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você mais quer ver no BBB20?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook