Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Novo Mundo

Feminista, Giullia Buscacio se desafia para viver índia diferente dos livros

Isabella Pinheiro/TV Globo

Giullia Buscacio vive a índia Jacira, que sonha em ser guerreira, na trama de Novo Mundo - Isabella Pinheiro/TV Globo

Giullia Buscacio vive a índia Jacira, que sonha em ser guerreira, na trama de Novo Mundo

ODARA GALLO

odara@noticiasdatv.com

Publicado em 21/7/2017 - 6h19

Apesar de se passar no século 19, Novo Mundo coloca luz em uma discussão que está fervilhando nos dias atuais: o feminismo. Em todos os núcleos, há falas das personagens defendendo igualdade de gêneros. Mas nenhuma história da novela escrita por Alessandro Marson e Thereza Falcão retrata o assunto com tanto afinco quando o núcleo de Jacira.

Giullia Buscacio, intérprete da índia que quer ser guerreira e não sente afinidade com as tarefas das mulheres da tribo, se define como feminista e conta que seu maior desafio foi construir uma personagem diferente do estereótipo dos livros da escola.

"No que se refere à personalidade feminista de Jacira, porque nós duas compartilhamos muitos desses pensamentos, o desafio era fazer uma índia crível, mesmo sendo uma obra de ficção. Uma índia mais próxima das aldeias que visitei e mais distante do pouco conhecimento que trazemos da época de escola", explica.

Jacira e Piatã (Rodrigo Simas) sofrerão cada vez mais com a repressão de Ubirajara (Allan Souza Lima) por viverem papéis considerados trocados no casamento na trama das seis. Mais adiante, o público verá a índia assumir o posto de defensora da aldeia na ausência do marido antes de organizar um grupo de mulheres para salvar companheiros de tribo das garras de pistoleiros.

maurício fidalgo/tv globo

Jacira (Giullia Buscacio) e Piatã (Rodrigo Simas) se casaram em cena do dia 13 de  julho

"O feminismo de Jacira conversa com as minhas crenças. Penso em mulheres fortes que estão ao meu redor, como minha mãe, minha irmã e muitas das minhas amigas", diz a atriz, sobre suas inspirações para a personagem.

"A verdade é que todas as mulheres me inspiram de alguma forma, porque as mulheres sempre foram muito fortes. É uma luta que vem de muitos anos. Eu também busco inspiração para a Jacira nas mulheres que eu vejo e que às vezes nem conheço, pessoas do trabalho, nas ruas", completa.

Buscacio conta ainda que o público comprou a briga da igualdade de gênero proposta na história da índia. "Quem vem falar comigo apoia a firmeza de Jacira e espera que Piatã seja um bom parceiro para ela", diz ela, que ressalta a importância de abordar o tema na novela. "Cada vez que essa luta se fortalece, temos menos mulheres sendo agredidas, violentadas", acredita.


Últimas de Novo Mundo


Resumos Semanais

Resumo da novela Novo Mundo: Capítulos de 28 e 29 de agosto

Sexta, 28/8 (Capítulo 131)
Anna consegue se soltar e ataca Thomas. Piatã tem um pressentimento sobre Anna. Domitila assiste à coroação de dom Pedro. Matias se casa com Luana. A casa de Sebastião é incendiada e Libério o socorre. Piatã ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?