Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das sete

Deus Salve o Rei: Rodolfo falha na cama e acusa Catarina de ser estéril

Reprodução/TV Globo

Rodolfo (Johnny Massaro) vai frustrar o plano da rainha de conceber um herdeiro em Deus Salve o Rei - Reprodução/TV Globo

Rodolfo (Johnny Massaro) vai frustrar o plano da rainha de conceber um herdeiro em Deus Salve o Rei

ODARA GALLO

Publicado em 6/4/2018 - 5h44

Rodolfo (Johnny Massaro) perderá o interesse em Catarina (Bruna Marquezine) e falhará na cama. Ansiosa para conceber um herdeiro e dispensar de vez o marido, a rainha má de Deus Salve o Rei aparecerá sedutora no quarto do rei, mas ele estará muito preocupado com sua nova empreitada: promover um falso enforcamento para ser temido. Por causa da noite de sexo frustrada, o monarca se voltará contra a mulher e a acusará de ser estéril.

Depois de tentar engravidar de Virgílio (Ricardo Pereira), a filha de Augusto (Marco Nanini) aparecerá no quarto de Rodolfo com sua melhor roupa e questionará a ausência dele no jantar.

"É que estou exausto hoje. Não pense que é fácil ordenar que um homem seja enforcado. Não consigo parar de pensar naquele sujeito. Ele era pai de 14 filhos, sabia?", justificará ele, tentando esconder a falsa execução.

"Que eu saiba, continua sendo. Virgílio me contou do truque do falso enforcamento", dirá a rainha. Por não ter coragem de matar o bandido, o rei o mandará fingir que foi enforcado e oferecerá dinheiro para que o condenado fuja.

"Ah, então, você já sabe? Mais alguém sabe disso?", questionará, preocupado. "Claro que não, pode ficar tranquilo. O povo nem desconfia de que tudo não passou de uma encenação. Aliás, muito bem planejada. Você, como sempre, me impressionando com a sua inteligência, perspicácia", dirá Catarina, tentando seduzi-lo.

"Mas foi tão realista que não consigo acreditar que, de fato, não foi de verdade. Basta eu fechar os olhos e me vem à cabeça a imagem terrível daquela corda esticada", argumentará Rodolfo, sem perceber a aproximação da mulher.

"Que tal, então, você agora ficar de olhos bem abertos e trocar essa imagem por uma mais interessante?", proporá ela, ansiosa em dar o golpe da barriga. O casal começará a se beijar e rolar na cama. A cena seguinte, no entanto, mostrará os dois deitados em clima de constrangimento, repetindo o fracasso da lua de mel.

"A culpa não foi minha. Foi dele!", dirá o personagem de Johnny Massaro, após não conseguir transar com a rainha. "Dele quem? Só estamos nós dois aqui", retrucará ela. "Do enforcado! Ele não sai de minha cabeça! Foi tão real, meu amor! E os 14 filhos?! Isso não lhe impressiona?", perguntará ele.

"Não, Rodolfo. O que me impressiona não são os 14 filhos, mas a sua dificuldade de fazer ao menos um... Um único filho!", rebaterá Catarina, decepcionada. "Ora, mas você fala como se a culpa fosse minha! Já cumpri minhas obrigações matrimoniais diversas outras vezes e até agora nada de você engravidar", reverterá o rei.

"Eu não quis dizer que a culpa fosse sua, claro. Nós precisamos apenas ter um pouco mais de paciência, querido", amenizará a personagem de Bruna Marquezine. "Paciência eu deveria ter tido antes. No momento de escolher uma rainha fértil, que me desse logo um herdeiro", esbravejará ele, irritado, antes de abandonar Catarina sozinha no quarto.

A briga do casal real de Deus Salve o Rei irá ao ar no capítulo do dia 19.

Últimas de Deus Salve o Rei


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas