DIVERSÃO DE OURO

Ganhador do Oscar chega à TV paga: Viva e mais 5 animações para ver em casa

Fotos: Divulgação

Animação Viva: A Vida É uma Festa mostra a cultura mexicana de valorizar os mortos para que não sejam esquecidos - Fotos: Divulgação

Animação Viva: A Vida É uma Festa mostra a cultura mexicana de valorizar os mortos para que não sejam esquecidos

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 05/04/2018, às 05h59

Ganhador do Oscar e do Globo de Ouro de melhor animação, o filme Viva: A Vida É uma Festa chega à TV paga apresentando a peculiar visão mexicana sobre a morte em uma história sobre o valor da família e a importância de não esquecer suas origens. O longa da Disney não é a única opção para os fãs de desenhos passarem o fim de semana no sofá.

Também é possível assistir à comédia O Touro Ferdinando, dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha (e também indicada ao Oscar e ao Globo de Ouro), ou prestigiar Lino - Uma Aventura de Sete Vidas, animação nacional mais vista da história.

Quem gostar de Viva pode se aventurar por Festa no Céu, animação que também aborda o hábito mexicano de valorizar a memória dos mortos. Já quem prefere uma história mais voltada à fé cristã vai gostar de A Estrela de Belém, que mostra o nascimento de Jesus sob o ponto de vista do burrinho na manjedoura.

Os fãs de música vão se divertir com Sing: Quem Canta Seus Males Espanta, animação que traz um show de talentos em que animais como porcos, ratos e elefantes disputam o título de melhor cantor da cidade.

Confira seis filmes que provarão que animações são um programa para a família toda. Os longas estão disponíveis no Now, serviço de vídeo sob demanda para clientes da Net e da Claro TV.

Héctor (à dir.) mostra para Miguel um pouco do Mundo dos Mortos: animação premiada

Viva: A Vida É uma Festa (2017)
O longa Viva: A Vida É uma Festa conta a história de Miguel Rivera, um menino mexicano de 12 anos que sonha em cantar, mas é censurado por sua família. Tudo porque, há muitos anos, sua tataravó foi abandonada pelo marido, que decidiu seguir carreira musical.

No Día de los Muertos, a versão mexicana de Finados, Miguel acaba transportado para o Mundo dos Mortos, onde permanecem apenas aqueles que ainda são lembrados por entes queridos _os esquecidos desaparecem. O menino, então, precisa encontrar uma maneira de voltar para casa ao mesmo tempo em que ajuda o violeiro Héctor a não ser apagado das memórias de seus familiares.

Viva foi premiado com dois Oscars: melhor animação e canção original. Também venceu o Globo de Ouro e 11 estatuetas do Annie, maior premiação dos desenhos.

Ferdinando com a cabra Lupe, que assume a missão de treiná-lo para ser um touro agressivo

O Touro Ferdinando (2017)
Baseado em um livro infantil de 1936, O Touro Ferdinando conta a história de um animal gentil, que se recusa a participar das touradas espanholas e prefere proteger as flores da região do que confrontar os toureiros. Por conta disso, ele é ridicularizado pelos colegas e acaba fugindo da região onde foi criado.

Anos depois, Ferdinando descobre que os touros que perdem os duelos com os toureiros são sacrificados e precisa ajudar seus colegas a fugirem de um destino sangrento e mortal _mesmo que todos desconfiem de suas intenções.

Dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha (de A Era do Gelo), Ferdinando foi indicado ao Oscar de melhor animação e a dois Globos de Ouro: animação e canção original.

Personagens importantes da Bíblia, José e Maria viram coadjuvantes em A Estrela de Belém

A Estrela de Belém (2017)
A história do nascimento de Jesus é conhecida por boa parte da população, mas a animação A Estrela de Belém consegue recontá-la sob um ponto de vista diferente: a do burrinho Bo, que acompanha Maria e José até a manjedoura.

Outros animais também ganham destaque no longa: a viagem dos três reis magos até Belém é contada pelos três camelos que os acompanham, e até uma jerboa pigmeu (uma espécie de roedor do Egito) tem seu momento de brilhar.

A Estrela de Belém foi indicada ao Globo de Ouro de melhor canção original, por causa da faixa The Star, interpretada por Mariah Carey.

Catrina, a regente do Mundo dos Mortos Lembrados, é dublada no Brasil pela atriz Marisa Orth

Festa no Céu (2014)
Festa no Céu conta a história dos amigos Manolo e Joaquín, apaixonados pela mesma mulher, María Posada. Sem saber, eles se tornam alvos de uma aposta sobrenatural: Catrina, regente do Mundo dos Mortos Lembrados, defende que o romântico Manolo ficará com a garota; já Xibalba, soberano do Mundo dos Mortos Esquecidos, acredita que o heroico Joaquín será o vencedor do coração de María.

Só que Xibalba não joga limpo e começa a sabotar as chances de Manolo com a pretendente. Em uma de suas jogadas, acaba provocando a morte do mocinho, que vai para o Mundo dos Mortos Lembrados e, com a ajuda de seus antepassados e de Catrina, tenta voltar para o Mundo dos Vivos e conquistar a mulher que ama.

Festa no Céu foi indicado ao Globo de Ouro de melhor animação e concorreu a cinco prêmios Annie, vencendo o de melhor design de personagens em um longa.

Os bichos cantores de Sing: trilha sonora tem de músicas pop de sucesso a clássicos do jazz

Sing: Quem Canta Seus Males Espanta (2016)
Dono de um teatro falido, o coala Buster decide atrair público com uma competição de canto para revelar um grande talento. Esse é o ponto de partida de Sing: Quem Canta Seus Males Espanta, uma versão animada e com animais de reality shows como American Idol ou The Voice.

Para surpresa até do próprio Buster, o concurso vira um sucesso e atrai todo tipo de participantes: de uma porco-espinho roqueira a uma porquinha mãe de família, passando por um gorila que renega a família de ladrões e uma elefante que tem medo de se apresentar um público.

O longa recebeu duas indicações ao Globo de Ouro (animação e canção original) e, na versão brasileira, conta com a dublagem de nomes como Sandy, Wanessa Camargo, Fiuk, Mariana Ximenes e Marcelo Serrado.

Lino em cena da animação nacional: fantasia de gato usada em festas infantis vira maldição

Lino - Uma Aventura de Sete Vidas (2017)
Apesar da pouca tradição no mercado de animação, o Brasil fez bonito com Lino - Uma Aventura de Sete Vidas, dublado por Selton Mello, Dira Paes e Paolla Oliveira. A história é sobre Lino, um animador de festas que odeia a maneira como é tratado pelas crianças e que, depois de pedir a ajuda de um feiticeiro, acaba se transformando no gato gigante de que se fantasiava.

No mercado brasileiro, Lino arrecadou mais de R$ 4 milhões em ingressos vendidos, tornando-se a maior bilheteria de uma animação nacional da história. O longa também fez sucesso no exterior: só na Rússia, foi exibido em 1.200 salas e teve um público de 126 mil pessoas apenas no primeiro fim de semana.

Notícias da TV Recomenda

Viva: A Vida É uma Festa

Viva: A Vida É uma Festa

Ficha técnica: Coco. Animação. EUA, 2017, 105 min. Direção: Lee Unkrich e Adrian Molina. Vozes de: Anthony Gonzalez, Gael García Bernal, Benjamin Bratt.

Por que assistir: Ganhador de dois Oscars e de um Globo de Ouro, o longa da Disney/Pixar é uma obra-prima para toda a família. Ao abordar a visão mexicana da morte e a cultura do Día de los Muertos, Viva desperta o interesse de adultos e crianças, com um design de tirar o fôlego e uma trilha sonora que emociona e diverte.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook