Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

Babilônia: Inês humilha Beatriz com vídeo e vilãs quase saem no tapa

Reprodução/TV Globo

Adriana Esteves (Inês) em cena da novela Babilônia, da Globo; advogada humilhará a rival - Reprodução/TV Globo

Adriana Esteves (Inês) em cena da novela Babilônia, da Globo; advogada humilhará a rival

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 20/5/2015 - 8h38

Na novela Babilônia, Inês (Adriana Esteves) descobrirá que Beatriz (Gloria Pires) quase foi linchada na porta da igreja após o casamento de Diogo (Thiago Martins) e que um vídeo dela sendo acusada de ser assassina de Cristóvão (Val Perré) está fazendo sucesso na internet. A advogada convocará uma reunião com executivos da Souza Rangel para humilhar a rival, exibindo as imagens. "A Inês está provocando esse tumulto por recalque", dirá a empresária, que será esculachada por Evandro (Cassio Gabus Mendes). No meio da reunião, as vilãs quase sairão no tapa.

A hostilização contra a arquiteta acontecerá no capítulo de segunda-feira (25) da novela das nove da Globo. Ela será vista pela mãe do noivo e de Regina (Camila Pitanga), Dora (Virgínia Rosa), saindo pelos fundos da igreja logo após a cerimônia de casamento do atleta com Gabi (Kizi Vaz). Horrorizada, a garçonete gritará que Beatriz é a assassina de seu marido. Amigos da família vão se juntar a Dora e fazer coro com ela. A empresária ficará nervosa. Os populares vão se agitar para partir para cima de Beatriz, mas ela conseguirá deixar o local sem que nada lhe acontece graças à ajuda de Rafael (Chay Suede).

As imagens do quase linchamento irão parar na internet. Inês descobrirá o vídeo em uma visita ao salão em que Zélia (Rosi Campos) trabalha. Ela se divertirá com o escândalo. Em seguida, levará seu novo trunfo para o ambiente de trabalho. Ela avisará Evandro, e eles marcarão uma reunião que incluirá a participação do gerente de marketing e de outros executivos da Souza Rangel.

Os dois dirão que precisam falar sobre a imagem da empresa, que está arranhada. No encontro, Inês exibirá o vídeo de Beatriz sendo ameaçada de linchamento e saindo acuada sob gritos de "assassina". A empresária ficará revoltada e ameaçará partir para cima da inimiga no meio da reunião. Evandro não permitirá e dirá que a ex-mulher está acabando com a imagem da construtora. 

"A mulher que aparece com ela no vídeo é a viúva do motorista que foi assassinado", dirá Inês. "A viúva do seu amante!", gritará Evandro. "A Inês está provocando esse tumulto por recalque! Aqui é lugar de trabalho, reunião é para assuntos sérios", argumentará Beatriz. "O assunto é muito sério. Isso mancha a imagem da empresa. O inquérito da morte do motorista foi reaberto pela polícia e agora aparece esse vídeo nas redes sociais? Imagina o efeito. Por isso, eu chamei um executivo da área de relações públicas", rebaterá a advogada.

Evandro vai aproveitar para humilhar Beatriz na frente dos executivos e sairá furioso da sala de reunião. Ela irá atrás dele e tentará se explicar, mas o empresário não aceitará ouvir. Sozinha com Inês, Beatriz vai disparar:  "Você acha que vai conseguir alguma coisa com isso? O Evandro está só te usando. Fazer um escândalo na frente dele não vai te ajudar no que eu sei que é a única coisa que te interessa: essa sua fantasia doente de vingança contra mim. Ninguém está ligando para isso. Muito menos o Evandro", falará a arquiteta. 

"Querida, minha fantasia vai começar a se realizar quando você for julgada culpada da morte do motorista. O que você viu hoje foi só o preâmbulo", ameaçará Inês, encerrando a conversa. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de Babilônia

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.