Império

Autor escreve beijo gay, mas Globo diz que cena não foi gravada

Reprodução/TV Globo

Klebber Toledo (Leonardo) e José Mayer (Cláudio) em cena do capítulo de sexta-feira, 1º, de Império - Reprodução/TV Globo

Klebber Toledo (Leonardo) e José Mayer (Cláudio) em cena do capítulo de sexta-feira, 1º, de Império

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 28/07/2014, às 20h27 - Atualizado em 29/07/2014, às 05h00

A polêmica do beijo gay volta ao horário nobre da Globo. No capítulo de Império da próxima segunda-feira (4), Cláudio (José Mayer) daria um beijo em seu amante, Leonardo (Klebber Toledo), mas a demonstração de carinho não teria sido gravada pelos atores. O beijo foi escrito pelo autor Aguinaldo Silva, porém, segundo a Comunicação da Globo, ele e o diretor Rogério Gomes optaram por não registrar a imagem.

Nos bastidores da Globo, no entanto, essa versão é colocada em xeque. O beijo teria sido gravado, mas uma ordem da cúpula da emissora teria determinado um "abafa" no assunto, para não despertar rejeição e protestos de telespectadores contrários à cena. Veículos das Organizações Globo receberam recomendação para não falar em "beijo gay" e tratar demonstrações homoafetivas na novela sem alarde, com naturalidade.

A sequência em que haveria o beijo é o segundo momento íntímo dos personagens no folhetim (antes, haverá uma cena em que fica claro que eles transam).

Assustado com a possibilidade de ter sua homossexualidade escancarada no blog de Téo Pereira (Paulo Betti), Cláudio resolve se afastar de Leonardo. Os dois têm um caso antigo, de dez anos, mas o cerimonialista é casado com Beatriz (Susy Rêgo), mantendo a relação com o personagem de Klebber Toledo em segredo.

A Comunicação da Globo confirma que o novelista indicou um beijo na cena, mas afirma que a sequência não foi gravada como estava no roteiro e que não haverá beijo gay nem selinho entre os personagens _pelo menos no capítulo de segunda. 

Na cena, Cláudio e Leonardo estarão discutindo o futuro da relação diante da descoberta do romance pelo jornalista Téo Pereira. "Ele vai arranjar provas, de qualquer jeito. É um jornalista marrom, joga sujo! Vai dar um jeito... A não ser que eu mude radicalmente a minha vida", dirá Cláudio.

O amante reage sem entender: "E isso significa... o quê?". Em seguida, Aguinaldo Silva escreve: Cláudio vai até Leonardo, toma-o nos braços, beija-o, após o que despeja:" “A gente vai deixar de se ver. Pelo menos por uns tempos”. “Como assim, Cláudio? Nada a ver”, vai se revoltar Leonardo.

“Nada a ver é aquele merda me desmoralizar e desgraçar a minha família”, responderá o cerimonialista, que será abraçado nesse momento pelo amante. “Fiquei contigo esses anos todos, também sou tua família”, argumentará Leonardo, que é aspirante a ator.

“Eu sei, eu amo você! Mas não tenho outra saída nesse momento. É só um tempo, Léo, prometo. Melhor a gente não fazer drama. Já está sendo difícil demais tomar essa decisão. E não se preocupa, não vou te desamparar. De alguma forma vou continuar mantendo contato contigo. Te procuro numa outra hora, estou nervoso, tenho que sair daqui, ninguém pode me ver aqui. Fica bem. E não esquece que eu te amo”, falará Cláudio antes de sair.

Leonardo vai cair no choro, e o autor também escreveu que lágrimas devem rolar pelo rosto de José Mayer.

José Mayer e Klebber Toledo na festa de lançamento de Império (Foto: AgNews)

Só de cueca

O público verá Cláudio e Leonardo juntos pela primeira vez no capítulo desta sexta-feira. O encontro deixará claro que eles são amantes e transaram. O cerimonialista aparecerá na porta do apartamento de Leonardo. Com a mão entrelaçada à do amante, ele vai olhar para os lados, verificando se ninguém está por perto. Aí, Leonardo puxará o corpo de Cláudio para junto do seu. “Estava ansioso... Pensei que não vinha mais”, dirá o jovem vivido por Toledo.

“Desculpa se faltei ontem. Chega de dar bandeira no corredor, alguém pode ver a gente”, vai sussurrar o cerimonialista. “Entra. Estou louco para matar a saudade”, rebaterá Leonardo.

“Então, direto para o quarto”, falará Cláudio. A cena deve ser encerrada com os dois abraçados e a porta se fechando.

Em seguida, o telespectador vai ver o personagem de José Mayer colocando a roupa, enquanto Leonardo estará na cama, só de cueca. “Já vai voltar para o seu teatrinho de pai de família. Você deve ser bom ator, viu?”, dirá Leonardo.

Cláudio terminará de se vestir e dará mais uma demonstração de carinho, acariciando a perna do amante. “Depois dessa noite deliciosa, não começa com cobrança”, vai pedir Cláudio.

“Acontece que o tempo passa... a gente muda... Estou cansado de ser ‘o outro’”, soltará o rapaz, que ouvirá um “eu te amo” do amante durante sua justificativa em preferir se manter casado, sem “sair do armário”. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual foi o melhor reality da TV neste ano?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook