CRISE NA AUDIÊNCIA

TV da Colômbia acusa Ibope de medir audiência com margem de erro de 100%

Divulgação/RCN

O ator Santiago Alarcón em cena da série Garzón, um dos poucos sucessos da RCN no Ibope - Divulgação/RCN

O ator Santiago Alarcón em cena da série Garzón, um dos poucos sucessos da RCN no Ibope

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 22/02/2018, às 05h48

Segunda maior emissora da Colômbia, a RCN Televisión decidiu cortar laços com a Kantar Ibope, empresa que mede a audiência da TV no país. De acordo com o presidente interino do canal, José Roberto Arango, o instituto brasileiro controlado por ingleses faz a medição com margem de erro de quase 100%, ou seja, praticamente sem nenhuma validade. "É um monopólio odioso e perigoso", detonou o executivo ao jornal El Tiempo.

Para Arango, o Ibope precisa atualizar seu sistema de medição de audiência para incluir também tablets e celulares. "O Ibope tem 1.100 medidores no país [Colômbia]. Mas, quando se considera a quantidade de televisores ligados em um momento de boa sintonia, vemos que a audiência de mais de 49 milhões de pessoas está sendo calculada com base em apenas 200 medidores. Isso não é confiável", sentenciou.

Segundo dados do Ibope, a RCN tem média de 3,9% da audiência colombiana. A líder Caracol tem o dobro, 7,8%. Já o terceiro colocado, o Canal 1, consegue apenas 0,8% do público. Arango questiona esses dados, já que sua emissora não consegue números melhores na medição do instituto nem quando promove estreias.

Para o executivo, a crise é ainda pior na medição da TV paga colombiana _o grupo que controla a RCN, a Organización Ardila Lülle, também cuida de uma rede que só exibe telenovelas e outra exclusiva para notícias. "A margem de erro no caso dos canais a cabo chega a quase 100%", criticou.

Na entrevista ao jornal El Tiempo, o presidente interino da emissora afirmou que o suposto favorecimento à Caracol obedece a interesses financeiros.

"O Ibope pertence a uma cadeia de centrais de mídia, as mesmas que definem a distribuição da receita publicitária. Assim, virou um esquema financeiro em que poucos repartem o bolo [publicitário]", atacou ele.

"Por esse motivo, mandamos uma carta anunciando nossa retirada do Ibope, porque eles estão três passos atrás da realidade do mercado", finalizou o executivo.

Outro lado
Procurada pelo Notícias da TV, a Kantar Ibope refutou as acusações de que trabalharia com margem de erro de quase 100% na Colômbia ou em qualquer outro país.

"A Kantar Ibope Media segue padrões e normas que garantem a qualidade e aprimoram constantemente os processos [...]. O compromisso da empresa é representar cada mercado de forma fidedigna, sem interferir de nenhuma maneira no comportamento dos entrevistados, valor fundamental para uma empresa de pesquisa de padrão global", informou.

A empresa também ressaltou que tem certificações de qualidade mundial no país, como a ISO 9001 e a ISO 20252, além de fazer parte de um código internacional de boas práticas profissionais e de seguir diretrizes globais do MRC (Media Rating Council, ou Conselho de Audiência em Mídia).

Confira a resposta da Kantar Ibope na íntegra:

"Atualmente, mais de 40 países _entre os mercados mais avançados do mundo, incluindo Brasil e Colômbia_ possuem a metodologia de medição de audiência de vídeo por meio de dispositivo eletrônico, o peoplemeter. Esses aparelhos são conectados a todas as TVs dos domicílios que participam das amostras e reportam os dados de audiência de cada mercado.

A Kantar Ibope Media segue padrões e normas que garantem a qualidade e aprimoram constantemente os processos como: modelo estatístico para definição de sua amostra, controle da amostra instalada, colaboração dos participantes do painel, processo de coleta de dados, renovação amostral, trabalhos de campo (entrevistadoras, técnicos, instaladores) e controles de manutenção.

O compromisso da empresa é representar cada mercado de forma fidedigna, sem interferir de nenhuma maneira no comportamento dos entrevistados, valor fundamental para uma empresa de pesquisa de padrão global.

A Kantar Ibope Media estabelece uma relação de transparência com os seus clientes. Auditorias são contratadas de maneira independente pelos clientes da empresa, sob supervisão do MRC (Media Rating Council) _órgão de origem norte-americana e com atuação global cuja missão é garantir padrões de alta qualidade para a indústria de mídia.

Na Colômbia, para desenvolver os seus estudos, a Kantar Ibope Media faz parte do Código Internacional ICC/ESOMAR de Buenas Prácticas Profesionales e tem a certificação ISO 9001 e 20252, além de seguir as diretrizes globais do MRC. Já no Brasil, anualmente, desde 1998, por meio da Comissão ABAP Redes, a empresa tem sua auditoria conduzida pela EY com supervisão do MRC.

A Kantar Ibope Media combina o conhecimento técnico e a liderança global da Kantar Media com a experiência e tradição de mais de 70 anos de atuação da Kantar Ibope Media, no mercado latino-americano de pesquisa de consumo de mídia."

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você pretende assistir a novela Espelho da Vida?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook