Bundesliga

Liga de futebol alemã lança ofensiva para conquistar o mundo pela TV

Guido Kirchner/Bundesliga

Jogadores do Bayern de Munique festejam a Supercopa da Alemanha, no último dia 14 - Guido Kirchner/Bundesliga

Jogadores do Bayern de Munique festejam a Supercopa da Alemanha, no último dia 14

DANIEL CASTRO, em Düsseldorf - Publicado em 26/08/2016, às 05h41

O país do futebol campeão do mundo, aquele que humilhou o Brasil com um 7 a 1 na Copa de 2014, colocou em campo uma ofensiva para conquistar novos fãs em todos os cantos do planeta por meio da televisão. A Bundesliga, a liga que representa os times da primeira e segunda divisões do Campeonato Alemão, iniciou uma série de ações para tornar o torneio mais popular, principalmente em mercados "virgens", como a China e os Estados Unidos.

O Brasil, embora não apareça como prioritário, não está fora do radar. "O Brasil é uma das nações líderes em futebol, com uma grande base de torcedores. Isso faz do país um dos mercados mais importantes", disse a porta-voz internacional da Bundesliga ao Notícias da TV.

No início deste mês, a liga alemã lançou versões em chinês e em espanhol de seu site oficial, além de aplicativos e ações em redes sociais. Clubes como o já globalizado Bayern de Munique estão sendo incentivados a disputarem amistosos em mercados estratégicos. Um dos mais populares do país, o Borussia Dortmund planeja abrir escritórios e fan shops nos EUA e China.

O trabalho de marketing também inclui turnês mundiais de lendas do futebol germânico. Jens Lehmann, goleiro da seleção nacional durante dez anos, titular da Copa de 2006, começou ontem a divulgar a Bundesliga em Cingapura e China. Campeão do mundo em 1990 e melhor jogador do planeta no ano seguinte, Lothar Matthäus visitará Los Angeles e Buenos Aires em setembro. O ex-meia (e ex-técnico do Atlético Paranaense) irá atuar como comentarista da Fox Sports, que detém os direitos da Bundesliga para toda a América Latina, Estados Unidos e Canadá.

O pacote de divulgação do campeonato também incluiu uma ação com 35 jornalistas internacionais, convidados a assistirem, no último dia 14, à disputa da Supercopa da Alemanha entre Borussia e Bayern. O jogo, vencido pelo Bayern, ocorreu no Signal Iduna Park, estádio famoso pelo "muro amarelo" _um paredão formado por 25 mil torcedores do clube de Dortmund.

A edição 2016/17 do Campeonato Alemão começa hoje (26), com Bayern x Werder Bremen, a ser transmitido pela ESPN (sublicenciada da Fox) a partir das 15h30. Amanhã, será a vez da Fox Sports exibir Borussia Dortmund x Mainz e do Fox Sports 2 veicular Frankfurt x Schalke 04, ambos às 10h30.

Embora registre a melhor média mundial de público nos estádios (a arena do Borussia, com mais de 81 mil lugares, tem uma incrível ocupação de 99,88%), somente agora é que o Alemão está sendo tão valorizado na TV quanto seus principais rivais na mídia _os campeonatos Inglês, Espanhol e Italiano.

A temporada que se inicia hoje renderá "apenas" 698 milhões de euros em direitos de TV, metade do que a inglesa Premier League fatura por ano (cerca de 1,4 bilhão de euros).

Isso mudará a partir do ano que vem. Em junho, a Bundesliga anunciou um novo acordo de transmissão de seus jogos que lhe trará uma receita de 1,160 bilhão de euros por ano a partir da temporada 2017/18. Com os 300 milhões de euros que irá arrecadar com as exibições em outros 210 países, finalmente será páreo para a Premier League.


O jornalista DANIEL CASTRO viajou a Düsseldorf a convite da Bundesliga


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Tudo sobre

Fox Fox Sports

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook