Biografia autorizada

Zeca Camargo vira biógrafo de Elza Soares e se choca com tragédia

Divulgação/TV Globo

Zeca Camargo no programa É de Casa; apresentador escreve seu primeiro livro biográfico - Divulgação/TV Globo

Zeca Camargo no programa É de Casa; apresentador escreve seu primeiro livro biográfico

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 10/09/2017, às 07h23

O lado sofrido de Elza Soares choca e emociona Zeca Camargo. O apresentador do É de Casa, da Globo, está escrevendo a biografia da cantora e tem feito uma série de entrevistas com ela e com pessoas ligadas à sua trajetória. Já são três meses de trabalho para o primeiro livro do gênero assinado por Camargo.

"A parte mais difícil e emocionante é quando ela fala sobre a perda dos dois primeiros filhos. Você enxerga essa mulher forte, mas que também tem um lado sensível. Peguei um terço da vida dela, até agora. Do que eu já coletei, não chegamos nem na parte do Garrincha ainda", conta o apresentador.

Camargo foi convidado pela própria Elza para ser seu biógrafo. Ele afirma que é muito difícil fazer uma biografia de uma pessoa viva. Elza teve quatro filhos e muitos altos e baixos na carreira. 

Elza Soares com Zeca Camargo (Reprodução)

"Ela, com 17 anos, havia perdido dois filhos. Isso nos anos 1940. Se casou quanto tinha 13 anos e, em quatro, perdeu dois filhos e ficou viúva. Imagina essa situação, com uma menina simples, que não tinha estrutura? Nós vamos enxergar uma outra Elza. Conseguimos furar essa couraça, porque ela é uma fortaleza."

Será a primeira grande obra do jornalista, que já lançou livros sobre viagens e reportagens. "Depende da Elza, mas não será um livro de 50 páginas, isso eu garanto. Com uma mulher dessa? Imagina", diz.

O prazo para terminar o livro é curto, até o final do ano. Camargo deve entrevistar mais de 70 pessoas. "São as pessoas que irão me ajudar a fazer esse retrato", resume o apresentador.

O livro está sendo produzido paralelamente ao trabalho no programa, no qual Camargo divide a apresentação e também viaja pelo Brasil para fazer reportagens.

REPRODUÇÃo/TV Globo

Gabriel Leone contracena com Zeca Camargo no festival de música de Os Dias Eram Assim

No meio disso, ele topou outro convite, o de partipar pela primeira vez de uma novela. Já gravou todas as suas cenas como apresentador do festival de música de Os Dias Eram Assim.

Com apenas uma experiência na dramaturgia, uma peça de teatro de 1994, Futebol, dirigida por Bia Lessa, ele diz que a missão de agora como ator não foi diferente do seu trabalho.

"Adoraria trabalhar um personagem, mas fiz um apresentador. Já apresentei vários festivais, espalhados pelo Brasil, estou acostumado. O bacana é que é uma metalinguagem, porque é um programa de televisão dentro de uma novela", diz.

Leia também

 

 

Enquete

O que você achou do vaivém de Datena na Band?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook