Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Depoimento

Curada de câncer, Sabrina Parlatore diz que foi vítima de erro médico

Artur Igrecias/Rede TV

Sabrina Parlatore em entrevista a Daniela Albuquerque no programa Sensacional, da RedeTV! - Artur Igrecias/Rede TV

Sabrina Parlatore em entrevista a Daniela Albuquerque no programa Sensacional, da RedeTV!

REDAÇÃO

Publicado em 16/10/2016 - 18h09

Curada de um câncer de mama desde março, a apresentadora Sabrina Parlatore revela que foi vítima de um erro médico que atrasou seu diagnóstico. A ex-VJ da MTV contou a Daniela Albuquerque que um exame acusou um nódulo em seu seio em 2014, mas, na época, o médico descartou a necessidade de uma biópsia. Ela só descobriu que tinha um tumor maligno um ano depois com o autoexame.

"Foi um baque, um susto enorme, e foi um momento dificílimo na minha vida. Graças a Deus eu senti esse caroço e consegui pegar a tempo. Em menos de uma semana eu já estava com o diagnóstico de câncer de mama", lembrou neste domingo (16) no programa Sensacional, da RedeTV!.

Sabrina explicou que tinha uma rotina anual de exames e que, em 2014, o nódulo foi visto no ultrassom. "Estava bem pequeno, mas, mesmo assim, a médica do laboratório indicou a realização de uma biópsia. Mas o ginecologista que eu passava na época achou que não precisava, já que a mamografia não tinha acusado nada", contou. "Foi uma comida de bola do médico. Depois disso, aprendi a não confiar em qualquer médico, até porque tem médico que erra, sim", disparou.

Sabrina lembrou ainda que a cirurgia foi um sucesso e que a parte mais difícil foi a quimioterapia. "É horrível. Tudo o que a gente ouve dizer que é muito forte, é isso e mais. É um mal-estar geral", explicou.

A descoberta do diagnóstico fez com que a apresentadora passasse também por um processo de aceitação da morte.

"Tinha uma vontade muito grande de viver e lutar por isso, mas vem também uma coisa assim: vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance, mas se não for possível, o que eu vou fazer? Tenho que aceitar. Você começa a entender e aceitar um pouco a morte, vem uma serenidade", definiu.

Arrependimento

Em outro trecho da entrevista, a apresentadora contou que se arrependeu de ter trocado a MTV pela Band em 2000. "Depois que eu saí [da MTV], senti muita falta. A MTV era muito mãezona, tudo era legal. De repente, fui para uma emissora aberta, muito comercial, tinha cobrança por ibope. Em vários momentos eu me arrependi, mas tudo tem seu curso, e fiz coisas muito legais na Band", afirmou.

Quatro anos depois, Sabrina foi para a TV Cultura, e se firmou à frente do Vitrine durante seis anos, ao lado de Rodrigo Rodrigues. O apresentador, inclusive, foi convidado a gravar um depoimento para a amiga, que foi mostrado durante a entrevista.

"Sensacional foi a sua postura enfrentando essa batalha, que, quando eu fiquei sabendo, já estava no final, você já tinha vencido. Mas ao te ver bem, vencedora, eu me tranquilizei. A minha admiração por você só aumentou quando eu vi a dignidade que você teve pra enfrentar isso tudo e depois trazer isso a público para inspirar pessoas que estão passando pelo mesmo que você passou", declarou ele.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas