TRAGÉDIA

Morre o cantor Gabriel Diniz, do hit Jenifer, em acidente aéreo no Sergipe

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O cantor Gabriel Diniz durante show: artista morreu após queda de avião em Sergipe nesta segunda-feira (28) - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O cantor Gabriel Diniz durante show: artista morreu após queda de avião em Sergipe nesta segunda-feira (28)

REDAÇÃO - Publicado em 27/05/2019, às 14h09 - Atualizado às 14h58

O corpo do cantor Gabriel Diniz, do hit Jenifer, foi encontrado após a queda de um avião de pequeno porte na região de mangue do sul de Sergipe nesta segunda-feira (27). A informação foi confirmada pelo programa Balanço Geral, da Record. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Sergipe, três corpos foram encontrados no local até o momento.

Diniz, de 28 anos, publicou vídeos no avião e seu passaporte também foi encontrado próximo aos destroços do acidente. As buscas foram feitas na região do povoado do Porto do Mato, na cidade de Estância, no interior de Sergipe. Um corpo ainda não foi localizado.

A gravadora Universal Music, responsável pelo último álbum do artista, lamentou a morte do artista em nota enviada à imprensa.

"É com imenso pesar que recebemos a confirmação do trágico e precoce falecimento do cantor e compositor Gabriel Diniz, que integrava o cast da Universal Music Brasil. Consternada com essa triste notícia, a gravadora se solidariza com a família e amigos do cantor, que completaria 29 anos no dia 18 de outubro de 2019, além dos demais tripulantes da aeronave", disse o comunicado.

REPRODUÇÃO/GLOBO

Foto do passaporte do cantor Gabriel Diniz, que foi encontrado no local do acidente aéreo

A carreira de Gabriel Diniz ganhou força nacional no início deste ano graças ao sucesso da música Jenifer, lançada em 2018, e seu refrão chiclete que atingiu o primeiro lugar das paradas das plataformas de streaming. O videoclipe do hit, lançado em setembro, tinha a parceria de Mariana Xavier, que vivia a protagonista da história narrada pela canção.

Nascido em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, em 1990, GD, como era conhecido, se mudou para João Pessoa ainda na adolescência.

Aos 15 anos começou a cantar com amigos em uma banda de garagem e fez sucesso com o público juvenil da capital paraibana. O repertório incluía músicas de Wesley Safadão, que mais à frente se tornaria seu amigo e sócio. Quando começou a cantar, Gabriel Diniz ainda planejava ser engenheiro eletricista.

"Eu conseguia conciliar com os estudos. Até que fui convidado para cantar na Banda Cavaleiros do Forró, onde passei sete meses. Depois retornei para faculdade. Decidi que montaria minha banda para cantar só nos fins de semana, mas chegou uma época em que eu me vi na sala de aula aprendendo cálculo três e atendendo ligação com a outra mão. Nem cheguei a me formar. Foi muito bacana essa quase formação que tive", disse o artista a Pedro Bial, no Conversa com Bial, em dezembro de 2018.

Lançou seis álbuns em sua carreira solo: GD at the Park (2016), GD Live (2016), GD Verão (2016), GD (2017), Gabriel Diniz na Ilha (2018) e À vontade (2019). O artista também tinha parcerias musicais com Wesley Safadão, com quem gravou Acabou, Acabou (2018), e com a dupla Jorge & Mateus, com quem dividiu os vocais em Paraquedas (2016).

Assista ao clipe de Jenifer, música mais popular de Gabriel Diniz:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook