Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CÂNCER NO ESÔFAGO

Com tumor maligno, Mamma Bruschetta faz cirurgia para retirada total do estômago

Reproduçao/Instagram

Mamma Bruschetta em foto publicada no Instagram

Em luta contra câncer no esôfago, Mamma Bruschetta encara mais uma cirurgia em São Paulo

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 4/12/2019 - 12h49

Mamma Bruschetta entrou em cirurgia na manhã desta quarta-feira (4) para a retirada total do estômago, no Hospital São Luiz, zona oeste de São Paulo. Em tratamento contra câncer no esôfago, a apresentadora do SBT teve um tumor maligno detectado após endoscopia e biópsia, procedimento realizado há duas semanas.

Ao Notícias da TV, a assessoria de imprensa de Mamma confirmou que além da lesão --o tumor--, o estômago será totalmente retirado. A apresentadora entrou no centro cirúrgico às 8h da manhã.

Segundo Thiago Nielsen, assessor de imprensa, Mamma terá uma vida normal após a retirada do estômago. "Os médicos informaram que a digestão será pelo intestino. Ela primeiro vai ter que fazer uma dieta líquida, depois uma dieta pastosa e depois arroz, feijão, batata frita, depois é normal", informou.

Na intervenção de hoje, o esôfago será ligado diretamente ao intestino. "Após a cirurgia, ela terá que tomar apenas uma vitamina, como se fosse a vitamina da bariátrica", completou.

"O Hospital São Luiz Itaim informa que a paciente Mamma Bruschetta, 70 anos, deu entrada na unidade para a realização de procedimento cirúrgico. Após ser submetida a endoscopia, foi constatado, por meio de biópsia, um tumor maligno localizado na junção esôfago gástrica. A paciente e a equipe multidisciplinar optaram por tratamento cirúrgico que será realizado na manhã desta quarta-feira (04)", diz o boletim médico.

Mamma descobriu o câncer de forma acidental. Após ser afastada do Fofocalizando, em setembro deste ano, ela passou por uma bateria de exames para uma cirurgia bariátrica. Em um deles, o tumor no esôfago foi descoberto. Em novembro, ela fez um procedimento cirurgico para combatê-lo.

A fofoqueira era participante fixa do vespertino do SBT desde o início do programa, em agosto de 2016. Apesar da saída da atração, ela seguiu contratada da emissora.

Vida normal sem estômago

O Notícias da TV conversou com o médico Gabriel Cairo, nutricionista especialista em cirurgia bariátrica e membro Federação Internacional De Cirurgia Bariátrica, que explicou como uma pessoa vive sem o estômago após ser submetida a uma gastrectomia --nome do procedimento.

"A evolução desse tipo de cirurgia é bem fácil. Depois que você faz a ligação do esôfago no intestino é preciso fazer uma dieta líquida primeiramente para não ter atrito onde foi feita a costura, por assim dizer. Isso é necessário para evitar resíduos de alimentos ou inflamação no pós-operatório", explicou.

Segundo ele, a primeira fase é de dieta líquida, com isotônicos, chás, sucos diluídos e caldos leves. A dieta líquida ganha uma segunda fase, com introdução de leites, iogurtes leves, sucos de soja e suplementos de proteínas.

Após 10 ou 15 dias, dependendo da evolução do paciente, inicia a dieta pastosa. Nessa fase, purês, coalhada, sopas cremosas, leites batidos com frutas e até mingau são liberados. Por fim, após esse processo, é possível iniciar a dieta com alimentos de consistências brandas, como legumes refogados, carne moída, frango desfiado, ovos mexidos e frutas mais moles, como mamão.

"Após isso, é vida normal mesmo. Só é preciso acompanhamento nutricional, pois normalmente tem que suplementar com um bom complexo vitamínico. Quem faz essa cirurgia pode não absorver o complexo B ou ter dificuldade de ingestão de proteína. Mas para isso é preciso de um check-up de quatro em quatro meses apenas para evitar a deficiência de vitaminas e suplementar", completou Cairo. 


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?