Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

BASTIDORES

Britto Jr. se intromete em briga de Ana Hickmann com marido: 'Sua mina de ouro'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE E REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com foto de Britto Jr., e foto de Ana Hickmann com o marido, Alexandre Correa

Britto Jr., Ana Hickmann e Alexandre Correa: ex-colega da apresentadora se manifestou após briga

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 13/11/2023 - 9h48

Britto Jr. emitiu sua opinião sobre o caso de agressão de Alexandre Correa contra Ana Hickmann. Ex-colega da apresentadora no Hoje em Dia, o jornalista revelou estar decepcionado e afirmou que a postura do empresário sempre foi de proteção com a mulher. "A Ana era uma mina de ouro e, por isso, ele a defendia", pontuou.

Em vídeo publicado em seu canal no YouTube, Britto Jr. lembrou como conheceu ambos e deu detalhes das interações dos dois nos bastidores da Record.

"Eu os conheci no ano de 2005, quando eu saí da Globo e fui contratado pela Record para comandar o Hoje em Dia. Sempre fui muito bem tratado por ambos --tanto pela Ana quanto pelo Alexandre Correa", explicou ele.

"E ficava evidente para todo mundo que o Alexandre fazia das tripas coração para proteger a Ana, fechar negócios em nome dela, organizar sua agenda, entrevistas e a repercussão do Hoje em Dia, que era grande", elogiou o jornalista.

O Alexandre Correa me passava a imagem de um cão de guarda da Ana Hickmann. Ele conversava com a direção da Record o que tinha que melhorar na apresentação dela, ele peitava os fofoqueiros da mídia que às vezes inventavam coisas que não existiam. O Ale nunca teve papas na língua, mas fazia bem o seu papel.

De acordo com Britto, Alexandre Correa dizia para quem quisesse ouvir que Ana Hickmann era um produto. "Ela era tratada como seu produto. Ela tinha que estar sempre em forma, sempre bonita, não podia fugir do peso. Tinha que cuidar do seu visual, porque a Ana era uma mina de ouro e, por isso, ele a defendia com unhas e dentes. Fazendo o seu papel, repito aqui", reforçou.

O apresentador admitiu que não acompanha mais o que acontece entre o casal, já que não faz mais parte do elenco da Record, mas percebeu que Correa se envolveu em controvérsias ao longo dos anos.

"O Ale acabou se transformando em uma espécie de subpersonagem polêmico, porque a Ana era famosa, mas ele arrumou algumas confusões desnecessárias com a Chris Flores e também com a Adriane Galisteu. Aliás, situações já superadas, mas fica aquela coisa, né?", explicou.

Britto Jr. leu detalhes sobre a agressão a Ana Hickmann e se mostrou chocado com o que aconteceu. "É uma situação triste, desagradável, mas que tem acontecido muito no Brasil. Sinceramente, eu não esperava que entre pessoas ricas, finas, esclarecidas e inteligentes, isso também pudesse ocorrer", afirmou.

O jornalista ainda opinou sobre o casamento alheio: para ele, o longo relacionamento deu a Ana e Correa uma intimidade profunda. Por isso, segundo Britto, é normal que passem por coisas boas e ruins. "Seriam eles dois capazes, de cabeça fria, de superar esse episódio de agressão vivido neste fim de semana, na casa deles?", questionou.

O apresentador finalizou dizendo que não existe casal no mundo que seja imune a discussões e brigas acaloradas e deixou no ar que pode haver um possível empecilho na relação dos dois: a parte comercial.

"Mas quando evolui a ponto de virar agressão física, é porque aí está mais do que na hora de cada um tomar o seu próprio rumo. A não ser que, devido aos interesses comerciais, isso se torne muito complicado e prejudicial aos negócios de família. Tem gente que fica junto e tem que se aturar por causa dos negócios de família. Será este o caso?", concluiu.

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.