APOSTA DE RISCO

Apresentadora da GloboNews abre mão do glamour da TV para virar youtuber

DIVULGAÇÃO/SÉRGIO ZACCHI

A jornalista Denise Barbosa, que trocou cargo de repórter na GloboNews por apresentadora em corretora - DIVULGAÇÃO/SÉRGIO ZACCHI

A jornalista Denise Barbosa, que trocou cargo de repórter na GloboNews por apresentadora em corretora

DANIEL CASTRO - Publicado em 14/06/2018, às 05h32

Apresentadora e repórter de TV há 22 anos, Denise Barbosa tomou uma decisão corajosa. Na última sexta-feira (8), pediu demissão da GloboNews para virar funcionária de uma corretora de valores. Trocou o glamour e a segurança do Grupo Globo pela missão de fazer bombar um canal no YouTube, mantido por sua nova empregadora. Nos vídeos da internet, ela dará dicas de investimentos e entrevistará economistas.

"Em alguns momentos, achei que minha vida ia ser toda na TV. Eu amo televisão, mas senti que precisava explorar a internet. A comunicação online é ilimitada e vou continuar falando exclusivamente de economia e finanças", diz.

Denise, de 48 anos, segue os passos de outros jornalistas da Globo, como Evaristo Costa e Mara Luquet, que resolveram enfrentar a regra não escrita de que ninguém pede demissão da emissora. Igualmente especializada em economia, Mara deixou a Globo em julho do ano passado para fundar um canal de notícias no YouTube. Denise a chama de "madrinha". "A Mara me inspira o tempo todo", diz.

A jornalista trabalhou quatro anos na Globo de Minas Gerais, onde foi apresentadora do principal telejornal local, passou dez anos na Bloomberg em Nova York e desde 2010 estava na GloboNews, onde era repórter de economia e finanças e constantemente assumia a bancada de telejornais _eventualmente, aparecia nos plantões da madrugada da Globo.

Ela não esconde que foi seduzida por uma proposta salarial melhor e que estava frustrada com a falta de perspectivas no canal de notícias da Globo. Sentiu-se preterida em algumas oportunidades em que poderia virar apresentadora. "Achei que estava estagnada, andando em círculos na reportagem", afirma.

Denise agora vai ser principalmente apresentadora. Será a "cara" do canal de YouTube da corretora Genial Investimentos, empresa do banco Brasil Plural que administra R$ 30 bilhões de 150 mil investidores. Ela vai apresentar três programas (Conversa com o Gestor, Momento com o Economista e Papo Genial), além de um telejornal diário sobre economia e política, o Repórter Genial.

"Conversei com o presidente do banco e ele me deu liberdade. Fiquei empolgada. Vou conversar de um jeito simples, sem economês, direto, tanto para o investidor quanto para o cara que não sabe o que é uma corretora", conta ela, famosa pelas expressões faciais e por gesticular bastante na TV.

Denise sabe que terá uma missão difícil pela frente. O canal da corretora tem menos de 10 mil inscritos. "Vou ter metas para fazer o canal crescer", adianta. "Vamos colocar de pé outros projetos."

Ela diz que sempre invejou jornalistas da Globo que "tiveram coragem para mudar", como Patrícia Taufer, que se cansou da rotina extenuante de trabalho na emissora e pediu demissão para tocar um hostel.

"A Globo é uma empresa boa, mas achei que não tinha mais o que aprender lá. Resolvi correr o risco de trocar de carreira. Por mais que eu leve minha bagagem de TV para o YouTube, tenho muita coisa para aprender, uma nova linguagem", fala.

Do glamour da TV, Denise só teme perder a grande plateia. "A gente recebe muito carinho do público", diz.

Leia também

 

 

Enquete

Você pretende assistir Lia, minissérie da Record?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook