Tensão no ar

Orgulho e Paixão: Ema salva Julieta de linchamento e consegue parar rebelião

Raquel Cunha/TV Globo

Agatha Moreira (Ema) em cena de Orgulho e Paixão; mocinha parará um protesto contra Julieta - Raquel Cunha/TV Globo

Agatha Moreira (Ema) em cena de Orgulho e Paixão; mocinha parará um protesto contra Julieta

REDAÇÃO - Publicado em 22/05/2018, às 05h13

A casamenteira Ema (Agatha Moreira) salvará Julieta (Gabriela Duarte) de apanhar da população do Vale do Café em Orgulho e Paixão. Irritados com a megera, agricultores tentarão linchá-la por acharem que ela tomou à força a fazenda do Barão (Ary Fontoura). O protesto só terminará quando Ema intervir e disser que a vilã não teve culpa de nada.

Com gritos de "Fora Julieta! Volta pro inferno", os manifestantes atacarão a fazendeira assim que ela chegar de carro à casa de chá da cidade, acompanhada de Susana (Alessandra Negrini), Olegário (Joaquim Lopes) e Tião (Helton Gratto).

Os quatro sairão do veículo e começarão a receber xingamentos. "Sua cobra", dirá uma mulher. Outra passará uma rasteira na fazendeira, que torcerá o pé. Cada vez mais revoltados, os protestantes arremessarão tomates. Um deles acertará em cheio Aurélio (Marcelo Faria), que tentará defender Julieta.

Tudo será orquestrado por Xavier (Ricardo Tozzi), que já terá sido ameaçado pela "rainha do café" com uma arma. Um homem segurará a personagem de Gabriela Duarte pelo braço, com força. "Você não vai a lugar nenhum", gritará ele. "Me larga, que atrevimento!", protestará Julieta.

Quando finalmente conseguirem chegar à casa de chá, Julieta e Aurélio enfrentarão uma barricada, feita para que ninguém invada o local. Nesse momento, Ema chegará em uma charrete acompanhada de Jorge (Murilo Rosa) e do avô, Barão (Ary Fontoura). "Essa manifestação está prestes a sair de controle", observará Jorge.

Ao perceber que a confusão se deve a um mal-entendido e pode resultar numa tragédia, a mocinha resolverá falar mais alto.

"Não fui expulsa coisa nenhuma! Vocês estão enganados! Parem com isso, por favor!", exigirá. "Foi uma operação legítima! Parem imediatamente com essa confusão!", afirmará. Ema deixará claro que sua família estava falida e não tinha como quitar dívidas da fazenda.

Ela pedirá para que o avô, mesmo contrariado, dê uma ordem e expulse todos os manifestantes do local. "Senhores, o recado já foi dado à 'rainha do café', já até se escondeu na casa de chá! Voltem às suas casas", pedirá o Barão.

As cenas irão ao ar no capítulo desta quinta-feira (24), em Orgulho e Paixão.

Leia também

 

 

Últimas de Orgulho e Paixão

Enquete

Quem deve ter o pior final em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook