Mudança de hábito

Consumo de vídeo na web vai ultrapassar TV até 2020, prevê YouTube

Divulgação/Rio Content Market

O diretor do YouTube no Brasil, Alvaro Paes de Barros, em painel no Rio Content Market - Divulgação/Rio Content Market

O diretor do YouTube no Brasil, Alvaro Paes de Barros, em painel no Rio Content Market

DANIEL CASTRO, no Rio de Janeiro - Publicado em 11/03/2016, às 06h22

O consumo de vídeo pela internet vai ultrapassar a TV daqui a apenas quatro anos. O cálculo foi repetido várias vezes ontem (10) à noite pelo diretor-geral do YouTube no Brasil, Alvaro Paes de Barros, durante painel no Rio Content Market. "A nossa previsão é que até o final desta década o consumo de vídeo online vai ser maior do que o consumo de televisão", disse.

Para que a profecia se concretize, o consumo de vídeo na internet vai ter que mais do que dobrar. E a audiência da televisão vai ter que desabar. Segundo dados do próprio YouTube, empresa do Google, cada internauta permanece uma hora e 15 minutos por dia vendo audiovisual na web, na média mundial. Esse consumo vem crescento 25% ao ano, de acordo com Paes de Barros. Ou seja, em quatro anos, vai chegar a três horas. 

A televisão, na soma da aberta com a paga, prende a atenção de cada telespectador durante cinco horas por dia, diz o YouTube. Esse dado é do mercado norte-americano. No Brasil, segundo o Ibope, cada telespectador viu seis horas de TV por dia em 2015. Esse tempo de permanência, diz o instituto, não vem caindo. Pelo contrário. Em outras palavras, o consumo de TV no Brasil é hoje cinco vezes maior do que o de vídeo na web. Mesmo assim, o YouTube insiste que sua previsão catastrófica para TV também vale para o país.

"Até 2009, a TV cresceu, teve 50 anos de crescimento. De lá pra cá, o vídeo pela internet explodiu, e a TV vem caindo", afirmou Paes de Barros no Rio Content, atribuindo a plataformas como o YouTube o crédito pela queda da audiência de programas de TV, principalmente nos Estados Unidos.

Por ser a maior plataforma de vídeos online, a rede social do Google deverá ser a principal beneficiária dessa explosão do vídeo na internet. O YouTube já tem 1 bilhão de usuários no mundo todo, que postam 400 horas de conteúdo por minuto. Mais da metade desse material já é consumido por aparelhos móveis (principalmente telefones celulares).


O jornalista Daniel Castro viajou a convite da organização do Rio Content Market


 ► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Família do futuro

Os Jetsons do desenho original; versão com atores só na temporada 2018-2019 - Divulgação/Hanna Barbera O desenho animado Os Jetsons vai ganhar um remake com atores de carne e osso. A rede ABC norte-americana encomendou um piloto de The Jetsons em versão live action. A produção se passará cem anos ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

O que você está achando dos vazamentos de Game of Thrones?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Click Click