Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SBT Notícias

SBT contrata equipe para novo jornal por apenas três meses

Reprodução/Facebook

A jornalista Neila Medeiros, apresentadora do SBT Notícias, novo telejornal do SBT - Reprodução/Facebook

A jornalista Neila Medeiros, apresentadora do SBT Notícias, novo telejornal do SBT

GILVAN MARQUES

Publicado em 19/9/2013 - 16h54

Os profissionais que irão compor o novo jornalístico do SBT, o SBT Notícias, estão sendo contratados por apenas três meses. Parte deles está assinando contrato com pessoas jurídicas, ou seja, como prestadores de serviço.

Nos bastidores, a admissão por apenas três meses está sendo interpretada como uma indicação de que o SBT está cauteloso, que vai esperar o jornal decolar para depois assumir vínculos maiores com jornalistas e técnicos.

O cuidado faz sentido. Em 2008, o SBT relançou o Aqui Agora, e o jornal durou somente 37 dias. Em 2010, o Boletim de Ocorrências (versão telejornal) ficou no ar menos de um mês. O SBT Notícias, inicialmente, se chamaria Aqui Agora. Depois, foi batizado de Boletim de Ocorrências. Anteontem (17), ganhou seu nome "definitivo".

Ao todo, o SBT está contratando 35 profissionais para o novo produto, que será apresentado por Neila Medeiros, a "única jornalista capaz de derrotar Marcelo Rezende e José Luiz Datena", segundo nota oficial da emissora.

O telejornal estreia segunda-feira, às 18h30. Mas a primeira reunião com todos os integrantes da equipe só será realizada amanhã (20), à noite.

TUDO SOBRE

Jornalismo

SBT

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas