LUTO

Morre o 'mestre das máscaras' Orival Pessini, criador do Fofão

Reprodução/Facebook

O ator e humorista Orival Pessini, que morreu nesta sexta-feira (14) em São Paulo - Reprodução/Facebook

O ator e humorista Orival Pessini, que morreu nesta sexta-feira (14) em São Paulo

REDAÇÃO - Publicado em 14/10/2016, às 14h38

O ator, humorista e criador de bonecos Orival Pessini morreu na madrugada desta sexta-feira (14), aos 72 anos. Ele estava internado havia duas semanas no Hospital São Luiz, em São Paulo, e não resistiu a um câncer no baço. O velório acontecerá entre 16h e 18h no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi. Conhecido por produzir e usar máscaras de látex para compor suas atuações, Pessini se consagrou como intérprete de personagens como Fofão e Patropi.

O humorista começou a carreira artística no teatro e estreou na televisão em 1963, no programa Quem Conta um Conto da TV Tupi. Na década de 1970, participou do humorístico Planeta dos Homens (1976-1982), da Globo, no papel dos macacos Sócrates e Charles. Mas foi no Balão Mágico (1983-1986) que Pessini teve mais sucesso. Na atração infantil, criou o boneco Fofão, adorado entre as crianças com os bordões "Bilu-Bidu" e "Alua-Iê pra todo mundo". 

"O Fofão não é bonito. Ele é uma mistura de cachorro, urso, porco e palhaço. Não é à toa que me baseei no E.T do Spielberg. Quando assisti ao filme, fiquei com lágrimas nos olhos. Não pensei em fazer uma coisa bonita, mas sim uma coisa simpática, que demonstrasse calor humano, sentimento", disse o ator em entrevista no The Noite em maio deste ano.

A repercussão foi tão grande que o personagem ganhou seu próprio programa: TV Fofão (1986-1989), em que apresentava quadros de humor e desenhos animados. Fofão deu origem a vários produtos, como bonecos e discos, e Pessini criou até uma empresa para gerenciar os licensiamentos.

Reprodução/Globo

Orival Pessini caracterizado como o personagem Fofão no Balão Mágico, em 1984

Ainda na Band, o ator se destacou com também como o personagem Patropi outro no humorístico Praça Brasil (1987-1988). Pessini fazia provocava risadas interpretar o hippie que só dizia frases feitas como "Sei lá, entende?!". Além do Praça Brasil, ele levou o personagem para o elenco de A Praça É Nossa, do SBT, da Escolinha do Professor Raimundo (1990-1995), da Globo, da Escolinha do Barulho e do quadro Escolinha do Gugu, ambos na Record. 

Em 2014, Pessini (sem usar máscara) atuou na minissérie Amores Roubados, na Globo. Ele chegou a interpretar novamente o personagem Fofão em fevereiro deste ano, durante participação no quadro Jogo das Três Pistas do Programa Silvio Santos, no SBT.

A cantora Simony, que fez parte do elenco do Balão Mágico, publicou em seu perfil no Instagram várias imagens ao lado de Pessini. "Hoje é um dia tão triste, mas tão triste, porque eu acabo de perder meu amigo, meu boneco que fez tanto minha alegria e a de muitas crianças. Orival Pessini, eu te amo. Vai com Deus, meu amigão. Meu eterno Fofão", declarou. "Descanse em paz querido Orival Pessini, o eterno criador do Fofão", lamentou Gugu Liberato.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está gostando de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook